Categorias
África Cultura Memória & Consciência

Mia Couto – o afinador de silêncios

“Eu nasci para estar calado. Minha única vocação é o silêncio. Foi meu pai que me explicou: tenho inclinação para não falar, um talento para apurar silêncios. Escrevo bem, silêncios, no plural. Sim, porque não há um único silêncio. E todo o silêncio é música em estado de gravidez. Quando me viam, parado e recatado, […]

Categorias
África Cultura

Autobiografia

Por Mia Couto Autobiografia Onde eu nasci há mais terra que céu. Tanto leito é uma bênção para mortos e sonhadores. E de tão pouco ser o céu nasce o sol em gretas nos nossos pés e os corações se apertam quando remoinhos de poeira se elevam nos telhados. As mães espanam o teto e […]

Categorias
África Cultura

Mia Couto: A casa

A casa Sei dos filhos pelo modo como ocupam a casa: uns buscam os recantos, outros existem à janela. A uns satisfaz uma sombra, a outros nem o mundo basta. Uns batem com a porta, outros hesitam como se não houvesse saída. Raras vezes sou pai. Sou sempre todos os meus filhos, sou a mão […]

Categorias
África Cultura

Mia Couto: A adiada enchente

A adiada enchente Velho, não. Entardecido, talvez. Antigo, sim. Me  tornei  antigo porque a vida, tantas vezes, se demorou. E  eu a esperei como  um  rio  aguarda  a  cheia. Gravidez de fúrias e cegueiras, os bichos perdendo o pé, eu perdendo as palavras. Simples espera daquilo que não se conhece e, quando se conhece, não […]

Categorias
África Brasil Direitos Humanos

IV Domingo do Advento de 1511: Tributo a Frei Antonio Montesinos

Como outros períodos da História, também a Modernidade se acha impregnada de luzes e trevas. Ao lado de valores tais como o da emancipação humana frente à teocracia, a cultura do absolutismo e dos avanços científico-tecnológicos, também se fizeram presentes valores tenebrosos, como o do processo de colonização das gentes do continente americano, em especial, […]

Categorias
África Cultura Mulheres

Traços da Mãe África: em busca de nossas raízes (IX)

No vasto e multifacetado universo literário africano, que, em artigos precedentes, mal começamos a aflorar, perguntamo-nos, agora, qual vem sendo o lugar ocupado pelas mulheres escritoras? O que para elas tem significado fazer literatura no feminino? Qual é o perfil dessas escritoras? Como vêm accedendo a um universo tão marcado – não só na África, […]

Sair da versão mobile