Com o dinheiro do povo, é fácil fazer festa

No último sábado, ocorreu o tão badalado e caro sorteio para as Eliminatórias para a Copa de 2014. A festa custou a bagatela de R$ 30 milhões, custeado pela prefeitura do Rio e pelo governo estadual. Para o mesmo evento, a África do Sul gastou o equivalente a R$ 2 milhões de reais. Segundo o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), o legado e a visibilidade para a cidade justificam os gastos. É justificável, porque o dinheiro não saiu do bolso dele, mas do de todos os brasileiros, ricos ou pobres; negros ou brancos.

Faltam craques à seleção brasileira

A Seleção Brasileira iniciou a sua participação na Copa América com um vergonhoso 0 a 0, contra a Venezuela. Após resultados desastrosos, reaparecem os velhos e tolos discursos de que “hoje, não há mais bobo no futebol” ou “não existe mais galinha morta”…

Domingo triste para o futebol brasileiro

O mundo do futebol ficou mais pobre neste domingo. Um dia de final de Campeonato Brasileiro, um dia que seria de festa, e que de repente se transformou num dia de luto. Morreu, aos 57 anos, em São Paulo, o ex-jogador Sócrates. Internado na noite de sexta-feira, ele não resistiu a uma infecção generalizada e teve a morte confirmada às 4h30…

Messi: a maior alegria do futebol mundial

Na última terça-feira (01), o baixinho de 24 anos atingiu a expressiva marca de 202 gols marcados pelo Barcelona. Em jogo realizado contra o Vitória Pilsen, da Polônia, pela Liga dos Campeões da Europa, ele balançou as redes três vezes. É um jogador fantástico e que tem feito por merecer todos os adjetivos elogiosos que recebe…