Tribunal reconhece união estável gay de brasileiro que teve caso com americano milionário que é casado nos EUA

Globo Online – O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul reconheceu como união estável um romance à distância vivido por um jovem brasileiro e um advogado americano milionário, já aposentado. Apesar de ser casado com uma mulher nos Estados Unidos, o americano manteve o relacionamento homossexual por quatro anos, entre vindas ao Brasil e viagens ao exterior. Com o fim do namoro, o brasileiro ganhou o direito de receber metade de um robusto patrimônio adquirido no Brasil, durante o romance, pelo americano. É o que mostra o jornal ‘O Globo’, leia clicando no título.

Leia mais sobre:

Deixe uma resposta