Deputado adere à Frente LGBT após prestar esclarecimento

Após o deputado Sérgio Moraes ter usado o termo “veado” para se dirigir ao repórter Danilo Gentili, do programa CQC, a ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais) formalizou pedido de esclarecimento através do Ofício 352/2009 (abaixo).

O deputado recebeu o ofício da ABGLT no dia 17 de junho e respondeu no dia 18. Em sua correspondência, o deputado  declara que “Não tenho nenhum preconceito aos Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais, até porque durante os meus quase trinta anos de mandato político, tenho inúmeros eleitores que têm a sua opção sexual (sic) identificada entre os integrantes da ABGLT”.

Como prova de sua disposição em esclarecer sua posição em relação às pessoas LGBT, o deputado assinou a ficha de adesão à Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT, que atualmente conta com 252 parlamentares do Congresso Nacional, entre deputados(as) federais e senadores(as).

Deixe uma resposta