ANDI e FNPJ participam colóquio sobre políticas públicas em encontro nacional de professores de jornalismo

A Agência Nacional dos Direitos da Infância (ANDI) participou do 10º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo com um colóquio sobre a experiência pioneira de criar disciplinas sobre políticas públicas nos cursos de Comunicação. Na manhã da sexta-feira (27/4), os participantes do evento puderam saber um pouco mais sobre a disciplina Crítica da Mídia, ministrada na UnB em parceria com a Agência, e Jornalismo de Políticas Públicas Sociais, oferecida aos estudantes da UFRJ em parceria com o professor da ECO, Evandro Ouriques, coordenador do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência (NETCCON).

O 10º Encontro Nacional foi realizado entre 27 e 30 de abril na Universidade Federal de Goiás, em Goiânia, para debater os 60 anos do ensino do Jornalismo no Brasil. O debate foi coordenado por Guilherme Canela, bacharel em Relações Internacionais pela UnB, mestre em Ciência Política pela USP e coordenador de Relações Acadêmicas da ANDI.

Membro do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo, que organiza o ENPJ, Evandro atua no GT de Ensino de Ética e Teorias do Jornalismo, dando prosseguimento à consolidação do programa acadêmico pioneiro que sustenta na UFRJ a respeito das relações entre o domínio do processo de formação da vontade, no sentido de Mattelart, a luta não-violenta e o vigor da auto-construção da cidadania e da mídia cidadã. Ele apresentou o trabalho Desobediência Civil Mental e Mídia: a Ação Política quando o Mundo é Construção Mental no 10º ENPJ. Informações sobre o encontro em www.fnpj.org.br

Deixe uma resposta