O maior pecado, depois do pecado, é a publicação do pecado. Machado de Assis (1839-1908), escritor carioca