E boa sorte!

Admitir os próprios erros é muito importante. O que acaba se tornando uma meta-questão: admitir que admitir os próprios erros é muito importante é muito importante. Esta construção é infinita. Ou melhor, cíclica. Poderá (no…