Imagens Humanas em exposição no Rio de Janeiro

Ao longo dos seus 35 anos de carreira, João Roberto Ripper aliou a excelência fotográfica à militância social como poucos. Seus trabalhos, apoiados sobre total domínio técnico e apuro estético impressionante, fascinam não só pela beleza, mas por retratarem a realidade crua e sem concessões.
JR Ripper 3
Ripper cobriu o Brasil de norte a sul, com um olhar poético e investigativo, provocou “furos de reportagem” e ganhou vários prêmios internacionais com seus projetos artísticos focados nos Direitos Humanos. Desde de 08 de junho, o público tem a oportunidade de ver, na Grande Galeria da Caixa Cultural Rio, “Imagens Humanas”, a sua primeira exposição individual no Brasil, e conhecer o trabalho, alguns deles inéditos, deste fotógrafo.
Com elaboração e coordenação geral de Mariana Marinho e curadoria de Dante Gastaldoni, “Imagens Humanas” exibe 70 ampliações e um grande painel de retratos, um mosaico de rostos de brasileiros de diversas regiões, raças, cores, selecionadas de um arquivo de mais de 150 mil fotos. A mostra é uma das principais exposições do FotoRio 2009 – Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro. No dia 24 de junho, foi realizado um debate no Teatro Nelson Rodrigues com João Roberto Ripper e os fotógrafos Custódio Coimbra e Milton Guran, mediados por Dante Gastaldoni.
JR Ripper 5
Além das 70 fotos de tamanhos diversos que compõe a exposição, um grande painel com pequenos retratos que nos olham de frente é fixado ao fundo, de forma aproximada a um mosaico, e que instiga o público a ver bem de perto o povo brasileiro na sua individualidade, do mesmo modo como o fotógrafo o observa.
Além de seu trabalho como fotógrafo, João Roberto Ripper está à frente da agência-escola Imagens do Povo, criada em 2004, na Maré, uma das maiores favelas do Rio de Janeiro. Na agência-escola ele ensina fotógrafos e os prepara para o mercado de trabalho. Com seu trabalho exposto em diversas galerias e instituições nacionais e internacionais, esses jovens fotógrafos herdaram de Mestre Ripper o talento, a obstinação e o sonho de um Brasil mais fraterno e justo.
JR Ripper 7
A exposição “Imagens Humanas”, do fotógrafo João Roberto Ripper, foi aprovada pelo edital 2008 de ocupação dos espaços da Caixa Cultural. Após a temporada no Rio de Janeiro, a mostra segue para a Galeria Neuter da Caixa Cultural São Paulo. Em dezembro deste ano também será lançado um livro, com o mesmo nome da exposição, como parte das comemorações dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
CAIXA Cultural RJ
Endereço : Av. República do Chile, 230 Anexo 3º andar – Centro – Rio de Janeiro
Temporada pública: de 09 de junho a 12 de julho de 2009
Horário de visitação: de terça a sexta – 10h às 18h | sábados, domingos e feriados – 14h às 18h
Entrada franca
Acesse aqui a entrevista com o João Roberto Ripper ao Fazendo Media.

2 comentários sobre “Imagens Humanas em exposição no Rio de Janeiro”

  1. Pingback: FotoRio 2009 « Revista Vírus Planetário

Deixe uma resposta