Categorias
Cultura

Imagens Humanas em exposição no Rio de Janeiro

Exposição do fotógrafo João Roberto Ripper, idealizador da agência Imagens do Povo, no Complexo da Maré, retrata no Rio de Janeiro as etnias espalhadas por todas as regiões do Brasil…

Ao longo dos seus 35 anos de carreira, João Roberto Ripper aliou a excelência fotográfica à militância social como poucos. Seus trabalhos, apoiados sobre total domínio técnico e apuro estético impressionante, fascinam não só pela beleza, mas por retratarem a realidade crua e sem concessões.
JR Ripper 3
Ripper cobriu o Brasil de norte a sul, com um olhar poético e investigativo, provocou “furos de reportagem” e ganhou vários prêmios internacionais com seus projetos artísticos focados nos Direitos Humanos. Desde de 08 de junho, o público tem a oportunidade de ver, na Grande Galeria da Caixa Cultural Rio, “Imagens Humanas”, a sua primeira exposição individual no Brasil, e conhecer o trabalho, alguns deles inéditos, deste fotógrafo.
Com elaboração e coordenação geral de Mariana Marinho e curadoria de Dante Gastaldoni, “Imagens Humanas” exibe 70 ampliações e um grande painel de retratos, um mosaico de rostos de brasileiros de diversas regiões, raças, cores, selecionadas de um arquivo de mais de 150 mil fotos. A mostra é uma das principais exposições do FotoRio 2009 – Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro. No dia 24 de junho, foi realizado um debate no Teatro Nelson Rodrigues com João Roberto Ripper e os fotógrafos Custódio Coimbra e Milton Guran, mediados por Dante Gastaldoni.

Além das 70 fotos de tamanhos diversos que compõe a exposição, um grande painel com pequenos retratos que nos olham de frente é fixado ao fundo, de forma aproximada a um mosaico, e que instiga o público a ver bem de perto o povo brasileiro na sua individualidade, do mesmo modo como o fotógrafo o observa.
Além de seu trabalho como fotógrafo, João Roberto Ripper está à frente da agência-escola Imagens do Povo, criada em 2004, na Maré, uma das maiores favelas do Rio de Janeiro. Na agência-escola ele ensina fotógrafos e os prepara para o mercado de trabalho. Com seu trabalho exposto em diversas galerias e instituições nacionais e internacionais, esses jovens fotógrafos herdaram de Mestre Ripper o talento, a obstinação e o sonho de um Brasil mais fraterno e justo.

A exposição “Imagens Humanas”, do fotógrafo João Roberto Ripper, foi aprovada pelo edital 2008 de ocupação dos espaços da Caixa Cultural. Após a temporada no Rio de Janeiro, a mostra segue para a Galeria Neuter da Caixa Cultural São Paulo. Em dezembro deste ano também será lançado um livro, com o mesmo nome da exposição, como parte das comemorações dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
CAIXA Cultural RJ
Endereço : Av. República do Chile, 230 Anexo 3º andar – Centro – Rio de Janeiro
Temporada pública: de 09 de junho a 12 de julho de 2009
Horário de visitação: de terça a sexta – 10h às 18h | sábados, domingos e feriados – 14h às 18h
Entrada franca
Acesse aqui a entrevista com o João Roberto Ripper ao Fazendo Media.

2 respostas em “Imagens Humanas em exposição no Rio de Janeiro”

Deixe uma resposta