Volta Redonda: projeto ‘Terapia Comunitária On-line’ é premiado e será referência para o restante do país

Programa municipal foi selecionado para ser apresentado na 2ª Mostra Estadual de Práticas de Saúde

A Terapia Comunitária On-line, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foi premiada pelo Cosems-RJ (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro). O anúncio foi feito na terça-feira (19). O projeto foi selecionado para ser apresentado na 2ª Mostra Estadual de Práticas de Saúde Cosems-RJ e IdeiaSUS/Fiocruz. O evento será realizado no dia 28, de forma virtual, no canal do YouTube do Cosems-RJ.

Além disso, ao ser selecionada, a terapia conquistou a chance de ser contemplada pela Curadoria do IdeiaSUS, ou seja, contará com acompanhamento das práticas por um período de 12 meses.

Umas das idealizadoras do projeto, a médica de família da Secretaria Municipal de Saúde, Silvia Mello dos Santos, destacou que a iniciativa surgiu no ano passado com a ideia de oferecer, de forma gratuita, uma rede de amparo emocional a qualquer pessoa, mas principalmente a quem perdeu algum amigo ou familiar para a Covid-19.
– A terapia comunitária surgiu para promover um espaço de acolhimento, de partilha, de cuidado, com formação de vínculos solidários. Para se falar das dores e das potencialidades das pessoas. Valorizando o indivíduo e o empoderamento pessoal, a gente consegue fortalecer a nossa população – disse, garantindo que a prática em Volta Redonda é um exemplo para que outros municípios sigam essa experiência.

– O que torna este projeto mais inovador é o uso da tecnologia, além da participação de várias secretarias. A própria Secretaria de Saúde, o Departamento de Tecnologia de Informação, a EPD (Empresa de Processamento de Dados) e a Secretaria de Comunicação. Por isso que deu certo – acrescentou Silvia.

A secretária de Saúde de Volta Redonda, Maria da Conceição de Souza Rocha, lembrou que as maiores causas de adoecimento do ser humano não estão relacionadas exclusivamente as questões físicas, e frisou que uma gestão que acredita no SUS entende que novas tecnologias de cuidados ampliados precisam ser desenvolvidas.

– A terapia comunitária integrativa trabalha a saúde de forma integral e contribui imensamente para o enfrentamento dessas questões. A possibilidade de proporcionar essa tecnologia de cuidado é um grande avanço para a Saúde de Volta Redonda, este segundo lugar é muito merecido, pois foi um projeto inovador, já que possibilita o acesso a qualquer pessoa, garantindo o direito à saúde de forma universal – disse.

O objetivo da 2ª Mostra Estadual de Práticas de Saúde é proporcionar o intercâmbio de práticas dos municípios implementadas no SUS, estimular, fortalecer e divulgar as ações das cidades que inovam nas soluções em busca da garantia do direito à saúde. Também visa dar visibilidade às práticas de saúde em relação à gestão local, de acordo com a realidade dos territórios, além de promover um espaço para a troca de práticas e reflexões sobre a gestão e organização de serviços de saúde.

– Sabemos que ainda temos muito o que fazer para ter novamente a Saúde que a população espera, mas estamos no caminho certo e essa premiação é mais uma prova disso. Parabéns a toda nossa equipe, que está reconstruindo nossa saúde – destacou o prefeito Antonio Francisco Neto.

Fonte: Diario do Vale

(20/04/2022)

Deixe uma resposta