Prefeitura de Mauá (SP) realiza despejo no acampamento Terra e Liberdade

Neste domingo, 15 de março, a prefeitura de Mauá realizará uma ação de despejo de mais de 120 famílias do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) do acampamento Terra e Liberdade. Depois da negativa de diálogo por parte do prefeito Oswaldo Dias e da truculenta ação contra militantes sem teto que ocuparam o gabinete da prefeitura, o movimento finalmente conseguiu uma negociação. Leia mais.

A coordenação do movimento se reuniu com a Secretaria de Habitação, de Segurança Pública e com o Presidente da Câmara do Município de Mauá, que assinaram um documento prometendo o pagamento de bolsa-aluguel para 20 famílias a partir de segunda-feira (16), durante 6 meses com possibilidade de renovação.

Além disso, o MTST conseguiu a garantia de abertura de negociação entre a prefeitura e a Caixa Econômica, com intenção de resolver o problema da falta de moradia para as demais famílias do acampamento.

Os militantes sairão pacificamente do terreno, a partir das 8h. Seus pertences serão levados por caminhões para um galpão, até que consigam um teto.

O MTST pede solidariedade neste momento difícil, quase rotineiro, mas insuficiente para nos impedir de lutar. Convida toda a imprensa para registrar a realidade do povo, que mesmo prometendo sair pacificamente, não tem esta certeza por parte da polícia. “Sairemos de cabeça erguida e mais convictos da necessidade de criarmos o poder popular”.

O terreno se localiza na rua Andirá, no Jardim Paranavaí, em Mauá.

Contatos:
Coletivo de Comunicação do MTST
Joarez: (11) 7810-3197
Maria: (11) 7692-0266
Site: www.mtst.info

Deixe uma resposta