Movimento das Comunidades Populares: Primeiro Encontro Estadual (Paraíba)

O Jornal Voz das Comunidades nos fez chegar este convite para participar do 1º ENCONTRO ESTADUAL DO MCP – PB

Após 40 anos de atuação e 05 anos de avaliação (autocrítica), começamos a 5ª etapa do MOVIMENTO.

Em janeiro de 2011 realizamos a 11ª Assembleia Nacional,

Em março, editamos o JVC nº 13 com o conteúdo da Assembleia, e um DVD com o mesmo conteúdo.

Nos meses de Abril, Maio e Junho, devolvemos para a base os assuntos do MCP como : Objetivos, Princípios, Setores, PNLA , etc.

Agora, no mês de julho, serão realizados os Encontros Estaduais ou Regionais para concluir a discussão a nivel de Estado, Município e Região.

O lº Encontro Estadual do MCP na Paraíba, será no dia 17 de julho de 2011. Local : Centro do Artesanato, em Alagoa Nova ( próximo de Campina Grande ) Horário : 08 h às 15 h

A despesa com transporte e alimentação será assumida pelos participantes. A taxa de alimentação do encontro é de R$ 6,00.

Obs. O Centro do Artesanato, em Alagoa Nova – PB, se localiza na entrada da cidade. Os contatos para confirmar a participação no lº Encontro Estadual do MCP – PB, são : tel. STR Alagoa Nova = 0 xx 83 – 3365 1240 ( Nequinho, Quinca, Zé Pequeno ); tel. Domitilla, Fransquinha ( CP de Santa Rita ) 0xx 83 3229 4905; Chico Malta ( Sítio Bonfim dos Pedrosa – Carrapateira ) 0xx 83 3553 1040 e 1059; Audo Pedro ( São Lourenço da Mata – PE ) 0xx 81 3525 0769.

PAUTA :

1) – APRESENTAÇÃO ATRAVÉS DA ARTE.
2) – OBJETIVOS E PRINCÍPIOS DO MCP
2) – GRUPOS POR SETOR PARA DISCUTIR O PNLA JÁ SISTEMATIZADO.
3) – PLENÁRIO DAS DISCUSSÕES DOS GRUPOS.
4) – MISTICA DE ENCERRAMENTO ( Religião Libertadora )

14 comentários sobre “Movimento das Comunidades Populares: Primeiro Encontro Estadual (Paraíba)”

  1. bom dia, por favor leiam minhas colunas escritas sobre este movimento na pagina da revista eletronica CONCIENCIA.NET é um material bem esclarecedor até o próximo contato.
    saudações.

    LUIZ ALBERTO PIRES
    ( vice presidente da zonal 112 do P T de porto alegre )

  2. Boa tarde, preciso de uma resposta, escrevo de forma inssistemte para esta revista, peço emcarecidamente a seus redatores que soliciten a direção desse movimento qur pelo que transoerece ser tem um apoio grande e formal com essa publicação, que responda minhas indagações, para manter a ética e o senso critico atualizado é de bom tom não deixar questionamentos sem resposta. pois muita gente leu o que foi escrito e deve estar se perguntando de que lado esta a verdade, afirmo que ela,
    a veredade existe, imagine os novos o que não devem estar a se perguntar.
    Saudações.

    LUIZ ALBERTI PIRES
    ( Um ser humano em budca de explicações )

  3. Bom dia, pelo que parece o silencio é uma tõnica desse grupo politico, nesta mesma revista em uma outra pagina
    fiz uma série de comnetarios e nen uma resposta, voces teem sangue de barata, ou a falta de argumento e grande
    ao ponto de o silencio ser a melhor resposta.
    As pessoas que lerem esta mensagem e conhecerem alguem da direção desse grupo digam que este veiculo e unversal e em qualauer parte do mundo esta mensagem pode ser lida, não existem segredos em 2011.

    LUIZ ALBERTO PIRES

  4. Bom dia, espero que uma das pautas desse encomtro tenha sido a falta de reposta a ex-militantes colocados na rua
    a pontapés por esse movimento que se diz renovador.
    Só covardes, se escondem atrs do silêncio.

    LUIZ ALBERTO PIRES

  5. Boa noite, escrevi na pagina desta revista que trata sobre os 40 anos do MER-CTI-MCP, o seguinte, o SIM e
    o NÃO sã coisas soltas no ar são expressões que ao se materializar trazem consequencis de alegria dor e tristeza, e teem uma força de materialização extrema.
    O silencio é solidario, individual, se solifica em si mesmo.
    Este movimento pratica a força do silencio com precisão
    só que dessa vez a verdade esta do lado oposto esta comigo, tenho fatos que podem abalar a estrutura covarde e silenciosa do EX MER, da EX CTI do atual MCP, quem ler este escrito diga para a silenciosa direção do MCP
    pois O PASSADO É COMO UM PRISSIONEIRO, QUANDO SOLTO ELE O PASSADO VEM PARA TE ATORMENTAR, ESTE É UM PROVÈRBIO
    ARABE, que cai como uma luva nos dias atuais, até o próximo escrito.

    LUIZ ALBERTO PIRES

  6. Bom dia, Bin-ladem falhou ao não transformar os paises ARABES em um CALIFADO, mas existe um provérbio ARABE
    que condiz bem com o passado do MER-CTI-MCP.
    O PASSADO É UM PRISIONEIRO, QUANDO LIBERTO,ELE, O PASSADO
    VEM E LHE APRISIONA, CHEGOU A HORA DE VOCES SEREM APRISIONADOS, ESPEREM as próximas mensagens, ou então quebrem o SILENCIO. este o silencio só causara mais dor.

    LUIZ ALBERTO PIRES

  7. Bom dia, um desses dias em meu email tinha uma postagem sobre o silêncio, que por alguma barbeiragem perdi a mesma, se foi alguem a mando de voces que enviem de novo, a tortura é um sinal de reconhecimneto, segundo o complexo de oslo.
    Em uma noita fria de 1990 um pouco antes de ser expulso do antigo MER, encontrei na cidade de PORTO ALEGRE, um militante de nome ADEMAR então na diração do sindicato dos VIGILANTES do RS. o mesmo me convidou para tomar um café, e na metade da conversa saiu com uma perola de conversa, me disse que a liderança maior de seu movimento o BEATO João Carlos, lhe disse que a qualquer momneto poderia me distruir, isto em 1990 uns seis meses
    antes do pau mandado de nome VERA KiGINESKI, proferir a maior inbecilidade de sua vida, quando comunicou que este que voz escreve estava fora do MER; ADEMAR foi chamado por JoÂO CARLOS para me dar esse recado, ao chegar en casa na cidade de CACHOEIRINHA onde vivia com a tambem militante do MER de nome IZAURA FAVERO, comuniquei a mesma o acontecido, já dizendo que
    deveriamos nos preparar pois algum golpe estava na mente doentia do beato JOÃO CARLOS,o golpe será alvo de outro episódio, aguardem o próximo capitulo.
    VERA KIGINESKI pelas ultimas informações mora em IJUI
    e fez campanha para o P T e P S B na ultima eleição.
    ADEMAR esta em LAGEADO onde junto com IOLANFA E ZILDO
    GIASSOM, militam no P T, é um dos personagens do livro
    escrito por ZILDO E IOLANDA.
    O BEATO JOÃO CARLOS deve continuar o mesmo, estimulando as companheiras a praticarem a TATICA DOIS para angariar militantes para servirem de base de seus movimentos e depois quando ele acha que não servem mais
    descartalos, como o CAPITALISMO descarta eus objetos.
    Ainda é tempo de quebrar o silencio, nem que seja por vias ocultas, como o email que de forma acidental este que vos escreve perdeu.

    LUIZ ALBERTO PIRES
    ( O militante não destruido que hoje assessora o deputado estadual RAUL PONT e o deputado federal ELVINO BOHN-GAS )

  8. Bom dia, na sexta-feira enviei uma mensagem que pelo que parece foi deletada, escrevi o seguinte, enquanto MAHMOD ABBAS proferia seu discurso em proç do estado independenmte e livre da PALESTINA na ONU em varias cidades do mundo houveram atos em apoio a historica fala desse lider de um povo tão importanta, na cidade de PORTO ALEGRE este que vos escreve foi escalado pelo Partido dos Trabalhadores para representar a SETORIAL
    ANTI-RACISMO do mesmo no referido ato, em 1987 fui defindo pelo BEATO JOÃO CARLOS, figura máxima desse movimento ao qual vocês tanto elogiam, como uma pessoa de personalidade fraca, que ele do alto de seu poder, destruiria quando quisesse, palavras ditas ao ADEMAR
    moradodr de LAGEADO, que na época atuava no sindicato dos vigilantes do R G SUL, o bariga fria do ADEMAR me encontrou na rua, em uma noite fria, tomamos um café
    e o fofoqueior não segurou a lingua dentro da boca e vomitou essa pérola, que lhes relatei, escrevo isto para dizer que tive dois momentos de orgulho na sexta-feira, representar o P T do R G SUL no ato dos PALESTINOS, e empunhar a bandeira de quatro cores desse povo de fibre e guereiro.
    Muito bom para quem segundo o beato JôÃO CARLOS iria ser detruido a qualquer momento e igualmnete lavajado.

    LUIZ ALBERTO PIREs
    ( O militanta não destruido e nem lavajado em quem
    o P T do R G SUL confia para representalo )

  9. Bom dia, na madrugada de 3 ( três ) de Outubro de 2011 por volta de 6 horas da manhã o MOVIMENTO DE LUTA PELA MORADIA,a CENTRAL DOS MOVIMENTOS POPULARES e a FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES DO R G SUL ( FEGAM ), ocuparam dois prédios e um terreno na cidade de PORTO ALEGRE a ocupação se estendeu por todo o dia 3 ( três ) e foi a forma simbólica. que estes movimentos juntos com ativistas INDEPENDENTES escolheram para marcar a etapa regional das atividades que marcaram o dia mundial da habitação, houve uma caminhada pela cidade com mais ou menos 400 ( quatrocentas ) pessoas, e três ) audiências com o PREFEITO de PORTO ALEGRE, com a gerencial regional da CAIXA ECÔNOMICA FEDERAL e o representante do governo do estado RIO GRANDE do SUL.
    No dia 4 ( quatro ) as atividades foram em BRASILIA.

    LUIZ ALBERTO PIRES
    ( O militante não destruído que não
    abandona a luta )

  10. Bom dia, na tarde de 15 de Outubro próximo passado, em mais de 900 ( novecentas ) cidades do mundo houveram manifestações em solidarieadade as pessoas acampadas em uma praça em NOVA YORQUE, próximas a walt stret, na cidade de PORTO ALEGRE segundo a imprensa burguesa mais ou menos mil pessoas caminharam do monumento ao expedicionario no paruqe da Redenção até a frente do palacio PIRATINI sede ddo governo do Etsado do R G SUL.
    Mais de duzentos militantes do P T acompanharam a marcha e este que vos escreve era um deles, foi uma bonita manifestação, varios segmnetos sociais compunham a referida ação.
    A luta social e as transformações sociais são de carater INTERNACIONAL.
    Pergunto: em quantas cidades este movimneto fez ou participou de marchas ou caminhadas ? ou vocês imaginam
    que só escrevendo ou avaliando a conjuntura, de forma comtemplativa ou passiva mudaremos o mundo.

    LUIZ ALBERTO PIRES
    ( O militanta não destruido
    que não abandona a luta )

  11. Bom dia, ontem na cidade de PORTO ALEGRE, mais ou menos quinhentas pessoa de diversos movimnetos realizaram a 16 MARCHA DOS SEM, que é uma iniciativa das pastorais e das centrais sindicais ( CUT, CTB, FORÇA SINDICAL e outras).
    este que vos escreve estava representando os mandatos a que pertenço e empunhei orgulhosamnete a bandeira da FEGAM ( federação gfaúcha das associções de Moradores ) ,
    A pauta de reinvindicações era extensa; Pergunto ? na região onde este glorioso movimneto atua quantas marchas houveram ? e qual a quantidade de pessoas participou ?
    Na luta social tem lugar para todos.

    LUIZ ALBERTO PIRES
    ( O militanta injustiçado de não foge a luta )

  12. Bom dia, ontem 21 de novembro de 2011, na cidade de Porto
    Alegre, realizou-se mais UMA marcha EM HOMENAGEM A ZUMBI DOS PALMARES, ESTE ANO a ação foi mais completa, houve um local denominado QUILOMBO CENTRAL. um espaço onde todos os movimentos, todos mesmos, inclusive os laicos, tiveram seu espaço, uma semana inteira de atividade, inclusive com a visitação de escola da rede pública deslocando seus alunos para que em loco presencia-sem e debate-sem questões de raça, etnia e principalmente classe social, lugar na sociedade, desfazimento, e ações reparatórias e de inclusão e posições afirmativas
    este que vos escreve junto com um grupo de ativistas
    da FEGAM ( FEDERAÇÃO GAÚCHA DAS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES ) levou sua bandeira de 2×2 metros quadrados, é preciso que o movimento social, seja sempre presente nas lutas e ações especificas de genêro,étnica e de classe.
    pois pelo que parece as únicas pessoas que fazem as coisas sem pensar e depois não conseguem dar explicações
    são vocês.
    Há em tempo este ainda representa o P T e os gabinetes ao qual ele é ligado.

    LUIZ ALBERTO PIRES
    ( O sem resposta que não foge a luta )

  13. Bom dia, nesta sexta-feira 25 de novembro e sabado 26 a UAMPA ( união das associações de moradores de PORTO ALEGRE realiza seu 14 congresso, este que vos escreve por força de atuação politica participou do congreso de fundação desaa entidade em 1983, ano em que o MER já atuava na grande PORTO ALEGRE eu nesta época estava conhecendo o MER que dois ou tres anos depois mudaria sua denominação para CTI, na época haviam mais ou menos 300 entidades na capital do R G SUl, hoje são por volta de 800 entidades, o congresso tem por volta de 1000 9 mil ) de todas as cores politicas e muita gente mas muita gente de base nós do P T temos por volta de 250 delegados, o enfrentamneto com so grupos mais atrasados
    e de direita é grande, nossa principal tarefa é desgastar o governo de FORTUNATI que é do P D T, em 11 de DEZEMBRO se dará a eleição para renovação da direção da entidade, 28 anos de uma estoria de luta, muita luta escrita com ações vigorosas em prol da luta social.

    LUIZ ALBERTO PIREs
    ( o militanta enxotado do MER-CTI que ajudou a escrever esta página, que acabo de mencionar de forma pública e corajosa )

Deixe uma resposta