Brasil vai a Copa com Dunga aplaudido pela imprensa

Foto: esportetanarede.wordpress.com
Foto: esportetanarede.wordpress.com
Concluída as Eliminatórias para Copa do Mundo e faltando menos de quinze dias para o próximo amistoso da Seleção, notamos que, mesmo com a troca de toda a comissão técnica da última Copa, não aprendemos com os erros do passado. Mais uma vez corremos o risco de termos uma participação pífia no mundial do ano que vem.

Dunga, quando jogador, era muito admirado por mim e execrado pela nossa imprensa. Agora, de uma hora para outra os papéis se inverteram. A torcida não agüenta esse futebol burocrático e a imprensa tece suas loas aos “resultados expressivos” conquistados pela equipe brasileira.

Durante os três anos à frente da Seleção, nosso treinador ainda não conseguiu achar o lateral esquerdo para a equipe. O que melhor atuou está praticamente fora da Copa: Marcelo, do Real Madrid. E não devemos nos esquecer das seguidas e injustas convocações de Adriano, que fazia o que queria na Inter de Milão, “encerrou a carreira”, voltou ao Flamengo, faltou a oito treinos em cinco meses de Clube e está sempre nas convocações da Seleção.

Sou fã do futebol do “Imperador”, mas penso também que Seleção é coisa séria, que um jogador precisa estar acima da média em todos os aspectos para defender uma equipe nacional. Ainda mais se tratando da seleção pentacampeã do mundo.

Uma coisa boa pelo menos aconteceu nesta reta final de eliminatórias: o atacante Nilmar marcou seus gols e parece ter sepultado o último fio de esperança de Ronaldo “fenômeno de marketing” e de toda a cúpula da Globo (em especial Galvão Bueno), que tanto fez lobby por este ex-atleta na Seleção.

De quebra, estou torcendo para o atacante do Villareal da Espanha,que tem chances de colocar o “eterna promessa de craque” Robinho no banco. Infelizmente, Robinho é hoje apenas um Denílson melhorado.

Em agosto, o meio campo Kléberson do Flamengo se contundiu em amistoso do Brasil contra Estônia, jogo “tão relevante e belo” que ninguém se lembra. O jogador foi operado e só retornará aos campos no ano que vem. Será que a CBF, por meio de seu eterno presidente, que é rubro negro, vai ressarcir o Flamengo por suas despesas com o atleta?

Em suma, faltam apenas três jogos para a Copa. Será que o nosso meio de campo continuará dependendo única e exclusivamente de Kaká? Por que será que o Brasil, nas útimas três eliminatórias, terminou sua participação jogando em casa contra a Venezuela e a Argentina contra o Uruguai? Nosso Ricardo Teixeira tem prestígio!

E por falar em Argentina, nosso ex-craque e agora técnico lançou a seguinte frase sobre a classificação dos vizinhos: “Quantos grandes jogadores e campeões ficaram de fora, e a Copa sempre foi a Copa do Mundo”. Considerando os gestos que ele faz para o público e pela forma como o Futebol se transformou num negócio; a torcida, o jogo, o espetáculo, os grandes atletas como Lionel Messi, não devem mesmo ter muita importância.

Esse futebol se transformou num campo em que até os botinudos como Dunga podem fazer escola e, infelizmente, brilhar. E eu que um dia achei que o Gerson perseguia o nosso Bravo Dunga!

4 comentários sobre “Brasil vai a Copa com Dunga aplaudido pela imprensa”

  1. Olha só o Fazendo Media na luta por um futebol mais sadio e sem lobby. Belo texto. Mas eu acho também que por mais que o Adriano seja o que seja, ele deve respeito à Seleção. Ainda mais a Seleção Brasileira. Sr. Ricardo teixeira também deveria ser mais sensato em suas atitudes. Lembrei de uma passagem do livro Verdade e Método, do Gadamer em que ele diz que o jogo é jogado pelo jogador, mas que só aquilo não o define como um jogo, pois precisa de uma “quarta parede” que é justamente a presença do espectador que idealiza sua representação no jogo. Ninguém faz isso melhor como o brasileiro, bem até demais pra dizer a verdade, bem até o ponto de ser ridículo.

  2. Discordo, o Dunga deu padrão de jogo a seleção, descobriu bons jogadores( Felipe melo, craque) e errou em outros, normal, pelo cargo que ocupa ele pode experimentar até a chegada da Copa. O Kaká é um jogador fraco que na hora da decisão amarela. É so esperar pra ver.

  3. Alexandre, para mim é Dunga no comando da seleção e Lula na presidência, ambos criticados mas sabem levar o nosso verde amarelo para boas colocações.
    Um abraço Braz…

Deixe uma resposta