Bandeira de Mello: estamos assistindo à dissolução das instituições

Por Eduardo Maretti

Para o jurista, agressões ao STF e ameaças do clã Bolsonaro mostram que “estamos numa situação terrível, mas que é uma amostra do nosso estágio civilizatório”
A crise (sanitária, econômica e política) e as ameaças quase diárias às instituições e à democracia, por parte de Jair Bolsonaro e seu clã, quando confrontados por decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), por exemplo, revelam “a dissolução das instituições” do Brasil. “A partir do momento em que foi escolhido esse Bolsonaro, o Brasil escolheu esse caminho”, diz o jurista Celso Antônio Bandeira de Mello, um dos mais respeitados do país. “É um caminho lamentável, a decadência ostensiva, a falta de qualidade dos homens que aí estão, pessoas que nem sabem a língua portuguesa.”

Deixe uma resposta