Trabalhadores rejeitam primeira proposta da ECT

Em assembléia realizada na noite do dia 19, os ecetistas do Rio de Janeiro rejeitaram a primeira proposta da ECT. No dia 13, a empresa apresentou a proposta de reeditar as cláusulas do Acordo Coletivo do ano passado, além de um reajuste de 6,37% (IPCA). Porém, ela não atende as reivindicações dos trabalhadores, que exigem aumento real de salário e o índice da inflação medido pelo IPCA é menor do que o índice do DIEESE, onde a inflação supera 7%. Clique no título para ler.

Deixe uma resposta