Tem que acabar essa mania de matar

Guerras

Assassinatos por nada e por qualquer coisa

Instalou-se a banalidade da morte

Isto não pode nem deve prosseguir

O que é que a morte não pode matar?

Temos que nos preguntar

Neste ano eleitoral

O que é que não queremos mais na política nem na sociedade?

Queremos solidariedade?

Ação construtiva?

Apoio mútuo?

Criatividade?

Amor ao próximo e a nós mesmos/as?

A vida não pode ser menosprezada como vem acontecendo

É um bem precioso

O bem supremo

Não está à venda

Em um instante nos vamos

Que tenha valido a pena!

Um comentário sobre “Tem que acabar essa mania de matar”

Deixe uma resposta