São Miguel do Gostoso, no interior do Rio Grande do Norte, vira Cidade de Direitos Humanos

Por Gidália Santana, do diário O Poty (versão dominical do Diário de Natal) – A ordem é Direitos Humanos para todos os potiguares. Quem vai levantar esta bandeira é a Caravana dos Direitos Humanos que vai começar no dia 18 de junho, uma quarta-feira, no município de São Miguel do Gostoso. A caravana terá como tema a comemoração dos 60 anos da Declaração dos Direitos Humanos, completados no dia 10 de dezembro deste ano.

O objetivo é promover, proteger e reparar os Direitos Humanos civis, políticos, econômicos, sociais, culturais e ambientais para garantir a cidadania plena. Em uma grande celebração, a caravana pretende distribuir um exemplar do livro para cada cidadão de São Miguel do Gostoso, habitado por mais de 8 mil pessoas. ‘‘Queremos poder dizer que em pelo menos um dos 5.560 municípios do Brasil cada pessoa tem uma Declaração’’, diz Pe. Fábio Santos, da Capela de São Miguel do Arcanjo, em Gostoso. Clique no título para ler.

Deixe uma resposta