Rede, rodas, vida. Terapia Comunitária Integrativa em tempos de pandemia.

Rede, rodas, vida. TCI em tempos de pandemia.

Nestes meses de pandemia e confinamento, a rede e as rodas de TCI tornaram-se um espaço privilegiado de renovação da vida. Potenciação da existência como uma experiência suscetível de ser melhorada. Recuperação e reforço das raízes e da força resiliente.

Eu pensava que agora seria mais ou menos algo assim como um deixar o tempo passar. Esperar o que não espero porque vêm por si. Mas não. Vir para as rodas virtuais de TCI, reencontrar amizades antigas e recentes. Integrar pessoas em aspectos e dimensões do viver que convergem e complementam o meu dia a dia. Tudo isto está sendo uma surpresa e um aprendizado.

Pertencer a este movimento é o que mais me dá segurança. Confiança. Esperança.

Os diálogos são reais. As pessoas estão ali de fato. Os sentimentos se sentem. A imaginação, a memória, a vontade, a imaginação, a determinação, as capacidades humanas todas estão presentes e ativas. Roda de TCI é roda de TCI. Presencial ou virtual são modalidades. O que importa é que aconteça.

É uma excelente maneira de passar o tempo. Vir a tona. Ocupar um lugar numa roda. Saber que somos parte de uma comunidade, uma humanidade.

A vida pode ser mais do que meramente aguentar, suportar condições opressivas ou degradantes, sentimentos de raiva, rancor, impotência. Tudo pode ser transformado pela ação consciente de pessoas que saem da passividade.

Basta escutar, acolher, se escutar, saber que podemos. Sair das gaiolas do isolamento e do fatalismo. A pandemia vai passar. A vida é só de ida. Pode ser uma viagem prazerosa quando nos empoderamos e agimos em comunidade.

Deixe uma resposta