Polícia Florestal derruba barracos em ocupação do Movimento de Sem Teto da Bahia (MSTB)

Polícia Florestal derruba barracos em ocupação do Movimento de Sem Teto da Bahia (MSTB)Polícia Florestal invadiu a ocupação Quilombo do Paraíso para derrubar barracos com permanência conquistada em acordo com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (SEDUR).

Na quinta-feira passada, dia 27 de maio, a Polícia Florestal esteve pela manhã na ocupação Quilombo do Paraíso (próxima à obra do Hospital do Subúrbio, em Colinas de Periperi, subúrbio de Salvador) e, sem qualquer justificativa plausível, começaram a derrubar barracos da ocupação.

O MSTB já havia conquistado da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (SEDUR), após mobilização, a manutenção de 110 barracos na ocupação. A Polícia Florestal, entretanto, argumenta ter localizado, via satélite, pelo menos quarenta barracos a mais. Pelo menos sete barracos já foram derrubados pelos policiais.

Os barracos derrubados já haviam sido marcados pela SEDUR com um selo que garante sua permanência como parte do acordo conquistado pelo movimento. A ação da Polícia Florestal, além da arbitrariedade, revela uma contradição entre dois órgãos do Estado.

Como as famílias atingidas pela ação arbitrária da Polícia Florestal mal tiveram tempo de reunir seus pertences, o MSTB já está se mobilizando para pedir indenização pelos danos aos barracos derrubados. Saiba mais em www.mstb.org.br

Deixe uma resposta