Países ricos mantêm guerra permanente no Congo

Na imprensa internacional, a República Democrática do Congo, em raras aparições televisivas, é retratada como um país de bárbaros e de mulheres atordoadas, enquanto a China é rotineiramente retratada como um país do futuro, com uma economia mista e cada vez mais integrada ao “mercado”. Nada sobre as armas que patrocinam o genocídio na África Central. Estados Unidos, Rússia e outros país fazem aliança tática pelo livre comércio de armas, motor do moderno genocídio globalizado. Por Gustavo Barreto. Leia aqui.

Um comentário sobre “Países ricos mantêm guerra permanente no Congo”

Deixe uma resposta