Oftalmologista em crise

Não, senhor. Olhar não é de graça.

Deixe uma resposta