Ocupação rural no município de Paracambi (RJ)

Começou neste domingo (16), às 05h30, uma ocupação rural no município de Paracambi (RJ). 150 famílias organizadas no MST ocuparam a Fazenda Rio Novo, exigindo do estado a sua desapropriação para fins de Reforma Agrária e o assentamento dos ocupantes.

O fazendeiro já esteve no local e disse que vai chamar a polícia, o que significa que a PM pode aparecer a qualquer momento. É importante a divulgação e a solidariedade para impedir a repressão sobre as famílias. Mais informações no telefone (21) 8651-1013.

O latifúndio Rio Novo possui mais de 696,6 hectares, equivalente a cerca de 700 campos de futebol com dimensões oficiais. Essa Fazenda foi vistoriada pelo INCRA em 2007 e considerada improdutiva. A Constituição Federal determina que todo latifúndio que não cumpre a função social – entre elas produzir – deve ser desapropriado para fins de reforma agrária. O processo de desapropriação da Fazenda Rio Novo está em Brasília e a ocupação visa acelerá-lo.

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) está realizando uma jornada de lutas, junto com outros movimentos que compõem a Via Campesina. Essa jornada mobiliza trabalhadores em vários estados com marchas, fechamentos de estradas e outras iniciativas, além de acampamento em Brasília. A ocupação da Fazenda Rio Novo faz parte dessa jornada que pressiona o Governo Lula a realizar a reforma agrária.

Deixe uma resposta