Museu da Pessoa entrevista dom Cappio em seu 13º dia de jejum contra a transposição do rio São Francisco

“Transpor as águas do São Francisco é como tirar sangue de uma pessoa anêmica”, declara Dom Cappio. A caravana do Museu da Pessoa, instituição criada em 1991 para coletar, preservar e disseminar histórias de vida em diversos segmentos da sociedade, está na região do Vale do São Francisco em uma expedição que faz parte do projeto Memória dos Brasileiros, criado com o propósito de construir um acervo de histórias de vida que propõem uma reflexão sobre a identidade do Brasil.

A caravana do Museu da Pessoa, instituição criada em 1991 para coletar, preservar e disseminar histórias de vida em diversos segmentos da sociedade, está na região do Vale do São Francisco em uma expedição que faz parte do projeto Memória dos Brasileiros, criado com o propósito de construir um acervo de histórias de vida que propõem uma reflexão sobre a identidade do Brasil.

Instigada pelos carros de som que anunciavam na semana passada a romaria que aconteceria no domingo, 9 de dezembro, a equipe da caravana Memória dos Brasileiros, voltou para Sobradinho. A romaria foi organizada em solidariedade ao Bispo Dom Cappio, que completa 13 dias de greve de fome como forma de refletir sua revolta contra o projeto de transposição do rio São Francisco.

O bispo, que está em Sobradinho realizando pela segunda vez uma greve de fome, explica a razão de sua atitude. “Fazer o meu jejum é como um gesto desesperado. Quando as pessoas não atendem ao diálogo, é preciso dar razão à loucura. Por isso, luto pela revitalização do rio, não sua transposição”, diz. Para Dom Cappio, o Rio São Francisco é o pai de todo o povo, de onde tiram o peixe para comer e a água para beber e molhar suas plantações. “Zelar pelo Rio São Francisco é como zelar pelo meu pai”, completa.

A grande romaria em solidariedade à greve de fome de Dom Luiz Cappio reuniu cerca de 3 mil pessoas que foram à igreja matriz de Sobradinho apoiar o religioso franciscano. Gente de diversos estados e regiões do país que, depois de horas de viagem em difíceis estradas, chegaram para prestar solidariedade ao Bispo e reivindicar o diálogo sobre o projeto de transposição do governo federal. O Bispo não se alimenta desde a manhã do dia 27 de novembro e diz que só volta a comer se a obra for suspensa.

Para perceber o que se idealizava nos olhares das pessoas que participavam dessa romaria, a equipe Memória dos Brasileiros organizou um espaço para a coleta de histórias durante todo o dia. Saiba mais sobre todas essas histórias acessando www.museudapessoa.net. Os internautas poderão acompanhar de forma interativa o diário de bordo da equipe, que vai disponibilizar podcasts e vídeos das iniciativas e impressões durante todo o trajeto da viagem e, ainda, fazer comentários.

Sobre o Projeto Memória dos Brasileiros

O Memória dos Brasileiros já conta com extenso material, tendo em vista que, ao longo de mais de 15 anos, o Museu da Pessoa coletou cerca de 8 mil histórias de vida que compuseram e compõem o Brasil. Para dar ainda mais amplitude a esse acervo, os idealizadores do projeto definiram algumas viagens, verdadeiras expedições de registro e preservação de riquezas culturais em locais onde a pobreza não as suplantou.

A primeira viagem foi feita para Maués (AM), onde moradores guardam tradições de cultivo e produção do guaraná que não poderiam se perder no meio da floresta; as outras duas, para Vassouras (RJ) e Serra do Cipó (MG), que tiveram foco na sabedoria dos mestres Griôs, memórias vivas que guardam histórias de gerações e gerações, as quais o Museu da Pessoa, em parceria com outras organizações, vem buscando coletar e preservar.

O Memória dos Brasileiros conta com o patrocínio da Ambev, Avon, Toyota, além do apoio do Canal Futura, Editora Peirópolis, Gol e Hedging Griffo; e parceria com Ashoka Empreendedores Sociais – Ilhas do Brasil, Cria Cultura, Pontos de Cultura Grão de Luz e Griô e Ponto de Cultura Tá na Rua.

Museu da Pessoa
Contato: (11) 2144-7150 ou e-mail portal@museudapessoa.net
Website: http://www.museudapessoa.com.br

Mais informações para imprensa:
Jaqueline Nichi (jaqueline.nichi@fsb.com.br)
Andrea Lie Iwamizu (andrea.lie@fsb.com.br)
Telefone: (11) 3061-9596

_______________________________________
Lembre-se que você tem quatro opções de participação: (I) Um email de cada vez; (II) Resumo diário; (III) Email de compilação; (IV) Sem emails (acesso apenas online). Para cancelar, responda solicitando. [www.consciencia.net/agencia]

Deixe uma resposta