Mudanças do clima já afetam Brasil, demonstram especialistas

Eventos extremos, como secas e tornados, são agora uma regra no Atlântico Sul, região que viu chegar nos anos 2000 algo que nunca tinha experimentado antes: um furacão.

Do ponto de vista social, a situação é ainda mais grave no Nordeste, onde o aumento da temperatura em algumas áreas chega a 20% em meia década.

Mudanças do clima, provocadas nos últimos 100 anos pela humanidade. Muitos governantes atuais insistem no modelo de desenvolvimento que põe em risco o futuro do planeta, em prol do lucro a partir dos recursos finitos da Natureza.

Com isso, aumenta a pobreza nas cidades, já que os filhos e filhas dos agricultores estão migrando para os grandes centros urbanos para sobreviver.

Além disso, o aquecimento global afeta também a biodiversidade. Estudos mostram que o mundo pode perder mais de um bilhão de espécies, inclusive grandes mamíferos.

No Brasil, 40% das espécies que vivem no cerrado podem desaparecer com o aumento da temperatura.

E o pior: as reduções propostas pelos atuais protocolos da ONU não são suficientes para controlar o clima, afirmam os especialistas.

Deixe uma resposta