Movimento das Comunidades Populares conta a sua história

Estamos divulgando o encarte do Jornal Voz das Comunidades Populares, em que se encontram informações sobre as origens do Movimento das Comunidades Populares, o seu perfil de atuação, metas e objetivos, enunciados no Plano Nacional de Lutas e Atividades. Cabe destacar a inclusão, no item Saúde, da iniciativa de haver uma aproximação com a Terapia Comunitária, para realização de aprendizado em comum. Em outubro de 2011, dos membros do MCP, Francisco de Assis Gomes e Tiago Silva, participaram do seminário regional de Saúde Mental Comunitária na UFPB, em João Pessoa, em mesa redonda sobre inclusão social e saude emntal comunitária.

Vale destacar que o MCP tem mais de 40 anos de existência, e se configura como um movimento social popular, com atuação no campo e nas cidades, promovendo atividades de empoderamento de pessoas, luta contra o alcoolismo, inciativas de autogestão econômica, e religiosidade libertadora. O jornal Voz das Comunidades Populares pode ser adquirido a través deste e-mail jvc.jvj@gmail.com Veja embaixo, o encarte referente a dezembro de 2011-março de 2012.

https://docs.google.com/open?id=0B4KS2GvQoLgHNThlMTRmMjYtMmZhNS00YTZhLTg2MzQtYTVjMTMxYzY2Mzhm

56 comentários sobre “Movimento das Comunidades Populares conta a sua história”

  1. Bom dia, pasmem,os incrédulos e crentes, o FACEBOOK me suspendeu por 15 dias, por mandar mensagens, para que as pessoas ligados aos nomes que aparecem por aqui, lesem estas mal traçadas linhas, logo quem SEM MORAL nenhuma, toda essa corja que rouba informação dos e das desavisad@s, isto é algo lamentável e um sinal claro, e mais claro impossivel que a verdade não pode ser falada, muito menos escrita, por hora não estou relatando mais episódios pois estou envolvido na mobilização dos filiados a filiadas do P T na cidade de PORTO ALEGRE, igualmente tenho acompanhado as mobilizações que o BLOCO DE LUTAS pelo transporte público tem promovido neste cidade, são caminhadas grandes, algo deveras emocionante, onde vai e como vai terminar, ninguém sabe, o importante é que elas estão acontecendo> Pergunto ? em FEIRA DE SANTANA houve alguma ?e quantas o M C P organizou ou participou, esta é um pergunta interressante, que merece resposta: Saudações, e até o próximo escrito.

    LUIZ ALBERTO PIRES
    ( Vice Presidente da zonal 112 do P T de PORTO ALEGRE )

  2. Boa tarde, finalmente em uma atividade em SÃO PAULO, aparece a assinatura do M C P, era uma plenaria dos movimentos sociais, em preparação do GRITO DOS ESCLUIDOS, eram mais de 50 entidades, digo finalmente pois por estas andanças pelo BRASIL, não tinha, tido , mais noticias sobre meus antigos companheiros, veja como a vida é curta e o mundo pequeno, não vejo o momento em que possa, me levantar em um evento e pedindo apalavra falar a minha verdade sobre o que sofri e sei desce movimento, em uma entrevista de PABLO CAPILÉ da midia NINJA, o mesmo falava de investimento, os coletivos e suas casas ( mais de duzentas ) e em alguns casos em paises da AMERICA LATINA) e as milhares de pessoas, homens e mulheres, que já passaram por estes espaços,na plenária da QUINTA CONFERENCIA DE HABITAÇÃO do estado do R G SUL, um companheiro do coletivo, UTOPIA e LUTA, ficou no conselho estadual como empresario, isto é um avanço, e uma prova que os financiamentos continuam existindo, para o mal, ou para o bem, isto não é nenhuma novidade, e o mecanismo de se apropiar dos mesmos continuam existindo, feliz de ter o M C P, por perto, e cada vez estar mais perto,a oportunidade de falar, nada melhor que um dia depois do outro.
    Saudações.

    LUIZ ALBERTO PIRES

  3. Boa tarde, sem falsas modestias eu sou a pessoa, que certamente tem mais acessos, nesta revista eletrônica, tenho metade de leitores, do número total de seres humanos que acessam a revista,muito vem da curiosidade sobre o que escrevi, em um determinado momento achei que seria processado, mas o medo passou, e continuei a escrever, os nomes estão embaralhados, as datas são fitcias ou imprecisas, mas os fatos ocorreram, todo mundo achou que jogaria merda no ventilador, muita mas muita coisa, tenho ainda a dizer, mas algumas coisa tenho que frizar, uma das coisas que aconteceu em decorrencia de etr escrito, foi que a direção do MOVIMENTO DAS COMUNIDADES POPULARES,suspendeu o envio do JORNAL J V C, para minha residência, certamente este é o preço de falar a verdade, ela a VERDADE, incomoda, aguardemos os próximos capitulos, muita mas muita aguá ainda vai rolar debaixo da ponte, nos dias 14 e 154 de SETEMBRO próximo tem uma plenária na cidade de SÃO PAULO, onde estarão diversos movimentos populares, o M C P, assinou a ata anterior, espero o dia em que emfrente de um monta de gente durante os meus cinco minutos de intervenção possa falar o que, eu, sei desce movimento, dizem aqui no RIO GRANDE, que o estouro é que é legal, veremos então, saudações.

    LUIZ ALBERTO PIRES

  4. Bom dia, as pessoas que acessam esta página peço encarecidamente que leiam, todos os depoimentos e divulguem para suas ” ANTOURAGEN ” ( grupo de pessoas que a cercam ) o conteúdo escrito, tão logo o número de acessos passe o número de pessoa que leram a revista, já passa de 50%, mais diremos assim revelações serão socializadas, quem viver verá.
    Saudações.

    PIRES

  5. Boa noite, certamente este foi um ano por demais produtivo, As comunidades populares e seu movimento trocaram de nome, A expressão CAMPONÊS, fica bem melhor, e finalmente estivemos no mesmo ambiente, ainda não foi dessa vez que acertamos as contas, e a vingança pura é algo atrasado e demodê, os anos passa e as coisas se constroem, como a inveja e o ciume são sentimentos menores,a simples vingança é algo menor, estamos na mobilização para o plebiscito sobre a reforma politica, onde o método ver, ouvir e agir esta sendo aplicado plenamente, escrevo assim para tranquilizar os incrédulos e crentes, não farei escândalo, nada melhor que um dia depois do outro, saudações.

    LUIZ PIRES

Deixe uma resposta