Moradores do Complexo do Alemão cobram avanços sociais e respeito

Comitê de Desenvolvimento Local da Serra da Misericórdia lança campanha "Posso falar?"Vladimir Platonow
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Movimentos sociais do Complexo do Alemão cobram avanços nas políticas públicas para a região e pedem respeito aos direitos humanos. Uma das reclamações está relacionada à forma como muitos policiais têm entrado nas casas, arrombando portas e quebrando móveis. O assunto foi debatido na tarde de hoje (2) durante reunião entre entidades da sociedade civil e de proteção ao meio ambiente que atuam na área.

O encontro foi organizado pelo Comitê de Desenvolvimento Local da Serra da Misericórdia (CDLSM), que reúne organizações não governamentais que atuam no Alemão e no seu entorno. As reivindicações foram apresentadas em um documento de três páginas, “com objetivo de aprofundar o debate com a sociedade, o Poder Público e a mídia, para além da ocupação militar.”

“São necessários investimentos para tirar do papel um conjunto de propostas e projetos de caráter socioambiental, cultural e nas áreas de educação, saúde, mobilidade urbana, saúde ambiental, esportes, assistência social e segurança pública”, ressalta o documento.

Informações, denúncias e contato com a entidade podem ser feitos por meio do seguinte endereço: www.comitedaserra.blogspot.com

3 comentários sobre “Moradores do Complexo do Alemão cobram avanços sociais e respeito”

  1. Pingback: Tweets that mention Moradores do Complexo do Alemão cobram avanços sociais e respeito | Revista Consciência.Net: acesse a sua. -- Topsy.com

  2. Incrível, quem lê os textos nessa revista pode concluir que até duas semanas atrás o Rio de janeiro vivia um ambiente de tranquilidade e justiça social nunca imaginados, e que tudo desandou de vez após as “tropas de extermínio” enviadas pelo governador entrarem no Alemão. A partir daí, os habitantes dessa comunidade passaram a sofrer com a opressão do estado, deixando de gozar da liberdade e do estado de direito vigente até então…

  3. Pelo seu comentário já dá para notar o desrespeito! Já morei em comunidade e, por incrível que pareça tem pessoas honradas por lá!!! Vocês do “asfalto” confundem simplicidade com falta de valores! É óbvio que não conhecem as comunidades. As pessoas podem ser + simples; até na aparência mas, normalmente possuem um coração + bonito; se unem p realizar “eventos”; se visitam, dividem alimentos, etc.

Deixe uma resposta