Manobras, trapaças e coação para desmembrar a base dos ANDES-SN

Não é preciso ser um estudioso do Direito para saber que os procedimentos adotados pela CUT para o desmembramento do ANDES-SN são ilegais e ilegítimos. Leia artigo do professor Roberto Leher no Jornal Brasil de Fato clicando no título.

Deixe uma resposta