Fiocruz dobra produção de vacina contra febre amarela

A Fiocruz reafirmou nesta segunda (14/1) que não há necessidade de se promover uma vacinação em massa da população brasileira contra a febre amarela. O ministro da Saúde José Gomes Temporão tranqüilizou a população e disse que a situação está rigorosamente sob controle, não havendo risco de uma epidemia da doença.

Em função dos problemas atuais relacionados à febre amarela, o Ministério da Saúde (MS) solicitou à Fiocruz que a produção da vacina contra a febre amarela fosse aumentada em 100% — o que alcançará um total de 30 milhões de doses por ano. Para atingir essa marca, o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Biomanguinhos) da Fundação reprogramou a sua linha de produção. Tire suas dúvidas sobre febre amarela no Portal Fiocruz, clicando aqui.

Deixe uma resposta