Especialistas da ONU parabenizam liberação de detentos em Cuba e nos Estados Unidos

libresLiberação foi anunciada depois de passos em direção à normalização das relações diplomáticas entre os dois países durante a última semana. Alguns dos casos vinham sendo acompanhados pelo Grupo de Trabalho sobre Detenção Arbitrária da ONU.
O Grupo de Trabalho sobre Detenção Arbitrária da ONU parabenizaram a recente liberação de detentos em Cuba e nos Estados Unidos, alguns dos quais vinham sendo acompanhados pelo grupo de cinco especialistas independentes de diferentes partes do mundo.
A liberação foi anunciada depois dos passos em direção à normalização das relações diplomáticas entre os dois países durante a última semana. Depois de 18 meses de negociações, os Estados Unidos vão estabelecer uma embaixada em Havana pela primeira vez em mais de 50 anos.
Dentre as detenções qualificadas como arbitrárias pelos especialistas, estiveram as de Antonio Guerrero Rodríguez, Gerardo Hernández Nordelo e Ramón Labaniño Salazar, todas nos Estados Unidos, e a de Alan Phillip Gross, em Cuba.
“Embora a liberação desses indivíduos possa não ser consequência direta das nossas opiniões, o objetivo dessas opiniões, especificamente a liberação, foi atingido e nós podemos apenas dar as boas vindas a este resultado”, disse o chefe do grupo e especialista em direitos humanos da ONU, Mads Andenas.
Fonte: Naçoes Unidas-Brasil
http://nacoesunidas.org/especialistas-da-onu-parabenizam-liberacao-de-detentos-em-cuba-e-nos-estados-unidos/

Deixe uma resposta