Cooperativismo

Hoje é o dia Internacional do Cooperativismo, vamos celebrar.

Mas vamos celebrar o Cooperativismo Social. Aquele Cooperativismo que não está preocupado só com os resultados financeiros, mas aquele que defende acima de tudo a VIDA. O Cooperativismo ligado ao desenvolvimento e da Inclusão Social, de combate aos Agrotóxicos, ao Agro Negócio, ao Machismo.

Viva ao Cooperativismo de Homens e Mulheres que todos os dias levantam de suas camas querendo um mundo melhor onde o carro chefe seja o bem estar de todas/as e não só preocupado em Ganhos Financeiros. Salve o Cooperativismo da Agricultura Familiar, da Agroecologia, das Colônias de Pescadores, do Artesanato, das Padarias Comunitárias, dos Catadores de Material Reciclável, da Saúde Mental, dos pequenos empreendimentos que estão na informalidade e outros que se organizam em Grupos buscando sobreviver mesmo que na informalidade.

Das Entidades de Apoio a Organização Social. Salve o Cooperativismo que não aceita que qualquer pessoa em qualquer parte do Mundo não tenha direito a uma Alimentação Adequada, que não tenha direito a uma Moradia decente, que não tenha direito a uma Saúde digna.

Salve o Cooperativismo que acredita que todos/as tem o mais puro direito a ser feliz. Salve o Cooperativismo que acredita que podemos resolver os mais difíceis conflitos sem ter que usar armas ou qualquer espécie de violência contra qualquer adversário.

Salve o Cooperativismo que acredita que a Água, a Terra, o Fogo, o Ar, as Matas, os Animais são elementos fundamentais para a sobrevivência da humanidade e por isso devemos preserva-los. Viva o Cooperativismo que no Popular passa a se chamar de Economia Solidária. Salve o dia do Cooperativismo que quer um MUNDO melhor para todos /as. Salve o “Cooperativismo da Economia Solidária”.

Deixe uma resposta