Conscientemente

O panorama eleitoral atual se desenvolve em um clima em que foram mobilizadas as forças mais obscuras da pessoa e da sociedade.

O preconceito, o ódio, a calúnia, a difamação, a impunidade, a mentira desavergonhada, a apologia dos crimes contra a humanidade. Foram anos a fio de bombardeio destes venenos no meio da população brasileira.

Uma massa de pessoas desinformadas, quando não abertamente avessas aos direitos humanos, sociais e laborais, mobilizou-se para apoiar a derrubada anticonstitucional da Presidenta da República, Dilma Rousseff.

A perseguição a Lula e ao PT. A prisão política do ex-presidente. A continuada pressão da mídia monopólica em contra de percepções da realidade que possam permitir visões críticas. Muitas pessoas enxergam a política como um espaço reservado a quem tem dinheiro e poder.

Para essa gente, toda política é podre. Em algum sentido, é assim. Mas não se pode absolutizar esta afirmação, sob o risco de, em assim fazendo, abrir o espaço para a prossecução da destruição do sistema democrático de governo.

Fortalecer um espaço de reflexão e de decisão, que permita  com que as pessoas percebam por si mesmas o que está em jogo nestas eleições. Enfatizar acima de qualquer outro ponto de programa ou de ação de governo, a defesa irrestrita dos Direitos Humanos, seriamente violados nestes últimos cinco anos. Nenhuma pessoa pode se abster desta responsabilidade.

Um comentário sobre “Conscientemente”

  1. Pingback: Conscientemente – LiberaPensado

Deixe uma resposta