Centro de Excelência contra fome e movimento de voluntariado firmam parceria

Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (WFP) e o movimento nacional de voluntariado Transforma Brasil acabam de firmar parceria para desenvolver soluções de combate à insegurança alimentar e nutricional e de conscientização sobre a importância de uma alimentação nutritiva e acessível para todos.

A colaboração prevê o desenvolvimento de iniciativas e projetos pautados pelas metas estabelecidas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especialmente o ODS2, que prevê a erradicação da fome e a promoção da agricultura sustentável, e o ODS 17, que propõe fortalecer os meios de implementação e revitalização de parcerias globais para o desenvolvimento sustentável até 2030.

Segundo dados do Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no contexto da pandemia da COVID-19 no Brasil, desenvolvido pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar, em  55,2% dos domicílios os habitantes convivem com algum grau de insegurança alimentar, o que equivale a 116,8 milhões de brasileiros. Destes, 19,1 milhões (9% da população) sofrem de insegurança alimentar grave ou fome.

“Neste momento, a sociedade precisa agir de forma coordenada para apoiar as famílias que estão em situação de insegurança alimentar grave”, disse o representante do WFP no Brasil e diretor do Centro de Excelência contra a Fome, Daniel Balaban.

“Mas, além de fornecer alimento de forma emergencial, precisamos também pensar em soluções duradouras para a fome e identificar exemplos de projetos e políticas públicas que sabemos que funcionam para tornar os sistemas alimentares mais resilientes em todo o mundo”, completou Balaban.

O Transforma Brasil vem desenvolvendo uma série de iniciativas de combate à fome desde o início da pandemia. Em 2020, criou o Fundo Transforma Brasil, que arrecadou mais de R$ 31 milhões, financiando alimentação para mais de 400 mil famílias em todo o território nacional.

Neste ano, criou o movimento “Tamo Junto na Luta”, que já arrecadou mais de R$ 5 milhões e doou mais de 30 mil cestas básicas em todo o país. “Temos expertise na tecnologia social, já presente em diversos estados brasileiros com parceiros locais, além de abranger todo o território nacional. Somos uma rede organizada para fazer o bem”, disse o fundador e CEO do Transforma Brasil, Fábio Silva.

Entre as primeiras atividades no âmbito da parceria estão o apoio técnico e institucional do Centro de Excelência do WFP a duas campanhas de arrecadação de alimentos e de conscientização sobre o aumento da insegurança alimentar no Brasil, que serão anunciadas no final de maio.

Há outros projetos a serem desenvolvidos em conjunto, como a identificação de boas práticas no engajamento da sociedade civil e acesso a fundos multilaterais e empresas no desenvolvimento de estratégias de segurança alimentar e nutricional.

WFP  O Programa Mundial de Alimentos (WFP) recebeu o Prêmio Nobel da Paz de 2020. É a maior agência humanitária das Nações Unidas, salvando vidas em emergências e, por meio da assistência alimentar e de projetos de segurança alimentar e nutricional, contribui para a paz, estabilidade e prosperidade das pessoas que se recuperam de conflitos, de desastres e do impacto das mudanças climáticas.

Centro de Excelência contra a Fome é o escritório do WFP no Brasil e é fruto de uma parceria entre o WFP e o governo brasileiro. A missão do Centro de Excelência é apoiar países em desenvolvimento na criação e implementação de soluções sustentáveis ​​contra a fome a partir da utilização das experiências exitosas desenvolvidas no Brasil. O Centro de Excelência do WFP atua também como um fórum global para o diálogo político e aprendizagem sobre alimentação escolar, agricultura familiar, nutrição e atividades relacionadas à segurança alimentar.

Transforma Brasil – O Transforma Brasil, movimento que estimula o voluntariado e o engajamento cívico no país por meio de uma série de iniciativas, conta com mais de 3.000 projetos e iniciativas sociais espalhadas pelo Brasil que atuam nas comunidades locais e já beneficiam mais de 1 milhão de pessoas. A plataforma atua em 26 frentes como: cultura e arte, combate à pobreza, igualdade de gênero, ações emergenciais, dependentes químicos, proteção animal, inclusão, entre outras.

O Transforma Brasil também conta com cerca de 800 mil brasileiros cadastrados e quase 3 milhões horas de trabalho voluntário em seu “voluntariômetro”. As ajudas podem ser por meio empresarial, com cotas a partir de 5 mil reais, ou civil com voluntários e cidadãos, com valores partindo de 5 reais. A Neoenergia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, é o apoiador master oficial do Transforma Brasil.

Fonte: Nações Unidas – Brasil

Deixe uma resposta