Movimentos Sociais e comunidades ameaçadas de remoção criticam ações da Defensoria Pública do Rio

Movimentos de luta pela moradia e moradores de comunidades ameaçadas de remoção realizaram uma vigília no dia 11 de maio, seguida de passeata, em frente ao prédio da Defensoria Pública no Rio para protestar contra as mudanças na instituição. Enquanto isso, a especulação imobiliária em prol das Olimpíadas e a criminalização da pobreza vigora a todo o vapor…