António Gonçalves em entrevista: A educação moçambicana é para a manutenção do status quo

O blog bantulândia traz o especialista em políticas de educação, o moçambicano António Gonçalves (*). Desta vez, Gonçalves debate, em entrevista, sobre direitos humanos e educação moçambicana.

Diz ele: “Nos livros de educação cívica e moral, por exemplo, existe um cheirinho dos direitos humanos. Mas, a maior ênfase é dada aos deveres dos alunos. Em fim, penso que estamos perante uma educação subjectivadora, usando os termos de Silvio Gallo, aquela que mais contribui para a manutenção do Status Quo”.

Clique no título para ler na íntegra.

Deixe uma resposta