Águas de Niterói comete crime hediondo

Águas de Niterói comete crime hediondoEu acuso a empresa Águas de Niterói, que opera no Rio de Janeiro, de cometer um crime hediondo. Um crime contra a vida. E me sinto muito à vontade para fazer essa denúncia, mesmo que a vítima seja a minha mãe. Por um motivo muito simples: eu faria a mesma coisa por qualquer outra pessoa que estivesse nessa situação, aliás, como tenho feito desde que fiz o seguinte juramento em troca do diploma de Jornalista profissional: “A Comunicação é uma missão social. Por isto, juro respeitar o público, combatendo todas as formas de preconceito e discriminação, valorizando os seres humanos em sua singularidade e na luta por sua dignidade”.

O fato é que a empresa privada ÁGUAS DE NITERÓI cortou a água na casa de minha mãe. Motivo: ela se recusou a pagar uma conta superfaturada emitida pela empresa, no valor de 800 reais. Quando essa conta absurda chegou, ela não pegou o telefone. Ela foi até a empresa. Aliás, ela foi duas vezes. Lá chegando, explicou que essa conta estava errada, porque o valor médio gasto por mês é 100 reais. A empresa reconheceu o erro e refez a conta: 500 reais, o que continuou muito acima do valor médio. Minha mãe se recusou a pagar novamente, sobretudo porque o motivo do aumento da conta foi um vazamento numa obra realizada pela própria empresa. A ÁGUAS DE NITERÓI disse que entraria em contato, por telefone. Não entrou. Em vez disso, mandou um aviso por escrito, com a ameaça de corte.

Minha mãe se manteve firme e acionou a Justiça. Apesar do câncer que a consome há um ano e meio, ela não se vergou diante das ameças dessa empresa covarde. (pra quem não sabe, minha mãe tem câncer no pulmão com metástase no cérebro. Ela fez duas cirurgias no ano passado, mas infelizmente o câncer voltou este ano: cinco nódulos nos pulmões).

Nesta sexta-feira, dia 9 de julho de 2010, a empresa ÁGUAS DE NITERÓI enviou os algozes, que cortaram o fornecimento de água. Importante: minha mãe avisou à empresa que estava em meio a um tratamento de câncer. E enquanto os funcionários da empresa estavam em sua casa, cortando o fornecimento do bem mais elementar para a vida, a água, minha mãe estava fazendo mais uma sessão de quimioterapia. Ela lutando pela vida, a empresa cortando o acesso à água. Está tudo documentado, temos o registro médico e o laudo do oncologista. Imaginem vocês. Para uma pessoa com a saúde em perfeito estado já é um tanto complicado imaginar a vida sem água. E uma pessoa com câncer, que tem uma série de restrições e necessidades especiais! A legislação brasileira garante a isenção de diversos impostos para pacientes com essa doença, como Imposto de Renda, IPVA, IPTU, entre outros. Está mais do que evidente que o fornecimento de água jamais poderia ser interrompido.

Hoje, sábado, por volta das 16h30, telefonei na ÁGUAS DE NITERÓI. Falei com uma funcionária que se identificou como Simone Diniz e a ligação durou entre 15 ou 20 minutos. Expliquei a ela toda a história, inclusive que a empresa havia desligado a água da casa de uma pessoa que faz tratamento para câncer. Que o desligamento ocorreu no mesmo dia da sessão de quimioterapia. Disse e repeti que minha mãe quer pagar a conta, no valor justo, mas que isso tem de ser feito com a água ligada. Pedi três vezes para a empresa religar a água, o que foi negado. O número do protocolo informado foi 303964. Ela disse que não pode fazer nada até que a conta seja paga.

Eu gostaria muito de saber se a ÁGUAS DE NITERÓI vai pagar pelos tranquilizantes que estão sendo adicionados às inúmeras drogas para combater o câncer que minha mãe está sendo obrigada a tomar. E também se essa empresa poderá ser responsabilizada judicialmente caso o estado de saúde de minha mãe venha a piorar por conta de todo o estresse que ela vem passando com as ameaças e o corte de fornecimento de água.

Caros amigos, queridas amigas, esse é um dos momentos em que venho pedir a ajuda de vocês. Repassem essa mensagem, espalhem pelo twitter, telefonem para a empresa, digam aos funcionários o tamanho do crime que está sendo cometido. Para nós o mais importante é que o fornecimento de água seja restabelecido imediatamente. Se vocês pressionarem, talvez eles se deem conta do erro e religuem a água, principal elemento da vida. Vida, algo que parece não estar entre as prioridades das empresas privadas.

O telefone da ÁGUAS DE NITERÓI é 0800 723 1222.

O telefone da AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS (empresa que regula as fornecedoras no país): 61.2109-5400.

Muito obrigado,
Marcelo Salles

NOTA DA REDAÇÃO CONSCIÊNCIA.NET
Texto original no Jornal Fazendo Media. Enviado com cópia para a empresa Águas de Niterói e para a Agência Nacional de Águas, que fiscaliza as empresas do setor.

7 comentários sobre “Águas de Niterói comete crime hediondo”

  1. Pingback: Tweets that mention Águas de Niterói comete crime hediondo | Revista Consciência.Net: acesse a sua. -- Topsy.com

  2. Marcelo, você também pode e DEVE acessar outras 3 instâncias para esse caso hediondo e lamentável:

    1) O PROCON, para rever o caso da conta de água absurda, para se chegar a um valor justo.

    2) A secretaria de Direitos Humanos, do Estado do Rio do Janeiro (se existir), por conta do estado de sua mãe, e a desconsideração da empresa em cortar a água, e peça para que a empresa se explique formalmente diante dessas acusações graves.

    3) Entrar com denuncia no Ministério Público (Estadual e/ou Federal), principalmente no que diz respeito ao super-faturamento da cobrança, e da desconsideração da empresa ao estado de saúde de sua mãe.

    E claro, entre em contato com a entidades sérias que defendam os direitos das pessoas com problemas oncológicos.

    Boa sorte e saúde a sua mãe e a você Marcelo!!

  3. Os moradores do bairro do Engenho do Mato vem por meio desta, pedir solução urgente para a falta d’água constante no bairro. Já se tornou rotina, cada vez que temos dias de sol, todos os feriados (Natal, Ano Novo, Carnaval, Semana Santa, etc.) ficarmos sem abastecimento por vários dias e, desta vez, a situação passou dos limites do tolerável, já que desde o dia 16 de janeiro, não houve abastecimento para os moradores da Rua três quadra 58 e 59 do Engenho do Mato, vindo a abastecer em mínima quantidade apenas no dia 25 de janeiro.
    Apesar das várias reclamações feitas por telefone a qual essa empresa responde que “é problema de pouca pressão e que está sendo providenciado”, contamos hoje 18 (dezoito) dias consecutivos sem que fosse abastecida a localidade e sem que nenhuma resposta satisfatória ou providencia fossem tomadas. É bom que seja lembrado que as contas continuam chegando e que os clientes de abastecimento mínimo, continuam pagando por um consumo inexistente já que não cai água.
    É simplesmente inadmissível, que uma prestadora de serviço essencial, trate os consumidores com tanto descaso. Será que teremos que passar por isso sempre que houver calor ou sempre que houver feriados?
    Estamos pedindo solução imediata para o problema a fim de evitar que seja feita uma Ação Coletiva contra esta empresa junto ao PROCON.
    Aguardando solução, segue as assinaturas dos clientes que se encontram em situação de total abandono por parte desta empresa.

    – Cliente 71246 – 0 – José Marcus F.T. F. de Almeida – Rua 3 qd 58 lt 3
    – Cliente – Emmanuel C. Tavares – Rua 3 qd 58 lt 3 casa 2
    – Cliente 71247-8 – Maria Lucia de A. Tavares – Rua 3 qd 58 lt 2
    – Cliente 71245-3 – José Nacielede Lopes Nunes – Rua 3 qd 59 lt 32
    – Cliente 71634-1 – Ana Maria C. Vasconcelos – Rua 3 qd 58 lt 5 casas 1 e 2

  4. Não tenho os mesmo problemas quanto ao sr,Marcelo salles
    em referencia a saude da senhora sua sua mae,espero
    que tenha superado com graça do SENHOR.Quanto aos
    CANALHAS DA AGUAS DE NITEROI,HOJE 05/02/2011,CONTINUAMOS
    SEM AGUA,A RESPOSTA é SEMPRE A MESMA,A PRESSÃO ESTA BAIXA OU O CIDADÃO ESTA NO FINAL DA LINHA(COMO DISSERAM
    PARA CAMARADA MEU).ENTRAREI COM UMA AÇÃO CONTRA ESTA
    MALDITA EMPRESA NO DIA 07/02/2011.(caso a justiça ja
    tenha voltado dos treis meses de recesso)MINHA
    MATRICULA É 84101-0.
    JORGE MAGNO DUQUE ESTRADA – R-4 LT11 QD27-ENG.DO MATO

  5. Solicito providências da Águas de Niterói no sentido de reparar um erro cometido no sistema de coleta e tratamento de esgoto e construir uma estação elevatória na região Oceânica de Niterói no lugarejo denominado Engenho do Mato mais precisamente na região de menor cota num entroncamento com a Rua 77.
    Recentemente, a Água de Niterói, atendendo a apelos sucessivos de moradores dessa localidade, ali compareceu e lançou um tramo de duto, a partir do seu ponto de cota mais elevada segundo uma diretriz em declive, passando despejar os dejetos recolhidos de meia dúzia de residências até um valão, em céu aberto no, cerca de 70 metros a jusante, no entroncamento de uma via transversal, num desnível considerável.

    Podemos observar, sem necessidade de levantamentos topográficos, tratar-se do ponto mais baixo da região litorânea de Itaipu a deter a menor cota de elevação, visto que, basta uma leve precipitação para inundar completamente as vias periféricas, consolidando o entendimento topográfico definido anteriormente.

    Desata forma, não fica difícil concluir que a Concessionária, numa análise perfunctória, deveria observar a necessidade premente de construir uma estação elevatória para recalque para viabilizar o fluxo por gravidade do efluente até a estação de tratamento mais próxima.

    Solícito, como morador daquela localidade uma pronta ação da Concessionária no sentido de implementar as obras necessárias, de forma a não continuar contribuindo, por omissão, na contaminação ambiental do solo e lagoas da Região (Itaipu e Piratininga) com extensão ate na Baia da Guanabara, já bastante degradadas por falta da coleta e tratamento de efluentes.

  6. Moro em Itaipu, e fiquei horrorizada com o procedimento dessa empresa. Tenho em casa, Graças a DEUS, cisterna de 9000 litros para recolher aguas da chuva, e foi o melhor que já fiz na minha vida.Antes de ter o fornecimento da citada empresa, só tinha um poço horroros com agua insuportável.Nunca fiquei sem a agua da chuva, considero uma BENÇÃO DE DEUS,e aconselho que se puderem, façam essa cisterna.Nunca fiquei sem agua, porque mesmo que passe alguns dias sem chover, quando vem a chuva abençoada, enche completamente minha cisterna.Uso bomba sapo e tudo sai certinho.Lamento profundamente a situação da sua mãe, Marcelo Salles.Uma covardia sem qualificação.Espero que vc consiga solução rapida do problema e que DEUS tenha misericórdia da sua genitora.

Deixe uma resposta