A “Equilibrada” Decisão de Teori

teori
O Ministro Teori Zavascki anulou parte das conversas telefônicas de Lula, interceptadas pelo juiz Sergio Moro.
Relembrando o caso, a autorização para efetuar gravações tinha legitimidade até o dia 16 de março, às 11 horas e 12 min. Contudo, as gravações foram feitas no mesmo dia, às 13 horas e 32 min, numa tentativa desesperada do juiz de não perder de mão o ex-presidente e jogar supostas provas de crime a público.
Segundo o Ministro, “a decisão de Moro está juridicamente comprometida não somente pela usurpação de competência, mas também pelo levantamento de sigilo das conversas interceptadas.” Tecnicamente conhecido como Teoria do Fruto Envenenado.
Teori também classificou como grave o fato de Moro ter emitido juízos de valor, tanto das provas quanto das ações dos que ocupam cargos com foro privilegiado. Como juiz de primeira instância nenhuma das atitudes lhe cabia.
Vale lembrar, que os áudios anulados serviram como base para que o Ministro Gilmar Mendes impedisse Lula de assumir a Casa Civil. E como se sabe, aquela era a última cartada de Dilma para que o seu governo voltasse a respirar.
Resumindo, Moro atropelou todas as normas e regras do direito.
Até ai, tudo soaria como uma atitude positiva e equilibrada do Ministro Teori. Mas, o “triunfal” desfecho de suas análises e ações, nos mostra que tudo não passa de conversa para boi dormir: Teori devolveu as investigações sobre Lula ao juiz Sergio Moro. Ou seja, o juiz viola a competência do STF, pratica um crime contra a segurança nacional, gera um fato político-partidário e ainda continua a atuar sobre o caso.
Diante de tanta “ética” e “competência”, inclusive reconhecida pelo Jornal O Globo, com o prêmio de personalidade do ano, parece que na cabeça de Teori seria injusto mudar o inquérito para outra Vara criminal. Afinal de contas, o que seriam esses errinhos triviais diante de uma conduta”isenta” e “ilibada”?
 
Foto(*): agenciabrasil.ebc.com.br

Um comentário sobre “A “Equilibrada” Decisão de Teori”

  1. Saindo deste ministro e passando por Gilmar, , e apos Mopro, que manda para Janot, e devolve para o Teori, que envia para a camara, que marca votção para 6meses, que precisa decidir sobre as circunstancias em que Brasilia foi construida, tem todo um processo chamado de ENRROLATIONS, por conveniencias é cruel, e muito de se lamentar que estamos vivendo e visualizando um covil, as claras para todos assistirem e ter que aplaudir!!!

Deixe uma resposta