Uruguai: arquivo 2003-2004

Ataques violentos tentam forçar fechamento de radio comunitária

Ataques violentos estão sendo dirigidos a rádio comunitária situada em bairro popular de Montevidéu para provocar o fechamento da estação. O último caso de violência foi registrado na terça-feira, dia 2, quando um comunicador foi esfaqueado dentro da emissora..Adital, 5/11/2004

Esquerda ganha Presidência da República

Depois de 31 anos da fundação da Frente Ampla e 173 anos de bipartidarismo, os uruguaios elegeram, dia 31 de outubro, no primeiro turno, com 51% dos votos, Tabaré Vázquez presidente da República. Tão logo os meios de comunicação confirmaram as previsões das pesquisas, Vázquez, que governará o país a partir de março de 2005 até março de 2010, afirmou que a vitória pertencia ao povo, “que protagonizou um espetáculo cívico”...Brasil de Fato, 4/11/2004

Socialista prestes a fazer História no Uruguai

Pesquisas apontam vitória de Tabaré Vázquez, que seria primeiro integrante da Frente Ampla eleito presidente..O Globo, 10/10/2004

Vázquez será o presidente mais poderoso desde 1966

Tabaré Vázquez será o presidente mais poderoso que o Uruguai teve nos últimos 38 anos. O líder da coalizão de centro-esquerda Frente Ampla (FA), eleito Presidente da República no domingo, controlará a maioria do Parlamento situação que não ocorria desde 1966. A FA elegeu 17 de um total de 31 senadores. Na Câmara de Deputados, a coalizão obteve 53 vagas, de um total de 99. Além de obter a maioria, Vázquez derrotou o tradicional bipartidarismo uruguaio, que ao longo de 174 anos alternou o Partido Colorado e o Partido Nacional (Blanco) no comando do país. Da Tribuna da Imprensa, 2/10/2004..[+]

Marcha de estudantes se realiza no Fórum Social Uruguaio

Centenas de estudantes marcharam em protesto pela reforma do ensino superior no segundo dia do Fórum Social Uruguai, que se realiza até domingo, em Montevideu..Adital, 17/9/2004

Inscrições para o Fórum Social Uruguai já foram iniciadas

O 3º Fórum Social Uruguai acontecerá durante os dias 18 e 19 de setembro em Montevidéu Oeste. As inscrições já estão abertas no site http://www.forosocialuruguay.org.uy..Adital, 10/9/2004

Militares violam covas com vítimas da ditadura uruguaia

Apesar de determinações judiciais, o Exército uruguaio autorizou operários a escavar e remover terra da área onde se encontrariam as covas de pelo menos oito vítimas de torturas realizadas no cárcere clandestino do Batalhão nº 13 de Infantaria, entre 1976 e 1977...Adital, 5/7/2004

Movimentos sociais do Uruguai lutam contra a privatização da água

Uruguaios se organizam em movimentos para informar à população sobre a importância do plebiscito da estatização da água. Hoje, sábado e domingo acontece uma série de ações nas ruas de Montevidéu...Adital, 30/6/2004

Ameaças de terrorismo de Estado e tortura persistem no Uruguai

“Assegurar a liberdade daqueles que torturaram e assassinaram a partir do governo implica de fato aceitar no futuro o terrorismo de Estado como ameaça sempre latente”, afirmam as organizações da sociedade civil do Uruguai que convocam o país para neste domingo cobrar reparações do Estado após 31 anos do golpe militar. Amanhã, dia 26, é o Dia Internacional de Luta contra a Tortura...Adital, 25/6/2004

Igreja Universal é acusada de incitação ao ódio no Uruguai

A Igreja Universal do Reino de Deus, de origem brasileira, foi denunciada na Justiça no Uruguai por “incitação ao ódio” por seus contínuos ataques à umbanda, de acordo com a mãe-de-santo Susana Andrade. “Inventam um monstro e o matam para impressionar as pessoas”, disse Susana, que é presidente da IFA (Instituições Federadas Afro-Umbandistas) no Uruguai, ressaltando ter apresentado a ação de forma pessoal, porque a “idéia é de que outras denúncias se somem”.

A mãe-de-santo, que também dirige o jornal religioso “Atabaque”, disse que os ataques são feitos por intermédio de dois programas de TV transmitidos diariamente pela Igreja Universal, à meia-noite, por dois canais de Montevidéu. De acordo com Susana, o poderio econômico da igreja, que lhe permite manter ambos os espaços na TV sem publicidade, mostra que “travamos uma luta desigual”. A mãe-de-santo lembrou que os programas mostram os rituais umbandistas associados “a situações de horror, doença e morte”, atribuindo-lhes “danos irreparáveis à moral e integridade física das pessoas”...France Presse, 23/5/2004

O Uruguai está vivo

Segundo sua formulação moderna já clássica, a política é a construção de sociedades possíveis. Portanto, não pode realizar-se, em sua plenitude, sem a pretensão de um futuro. A esquerda uruguaia percebeu isso. Da Agência Carta Maior, 17/10/2003..[+]

Deixe uma resposta