Tragédia em Angra dos Reis

Foram confirmadas até a madrugada desta sexta (01) para sábado (02) 19 mortes no deslizamento de terra que destruiu uma pousada em Ilha Grande, a cerca de 150 quilômetros ao sudoeste do Rio de Janeiro. Em todo o município de Angra dos Reis, pelo menos 30 pessoas morreram por conta das fortes chuvas que caíram desde a última quarta (30).

Em Ilha Grande, a maior ilha de Angra, o coronel Pedro Machado, comandante dos bombeiros do Rio de Janeiro, afirma que a tragédia ocorreu às 4h30, na Pousada Sankai, situada na praia do Bananal. O acesso ao local se dá apenas pelo mar. Trabalham atualmente 100 homens, entre bombeiros, pessoal da Marinha e da Polícia Militar do Rio.

Do portal Terra: “Uma das vítimas encontradas é a filha dos donos da pousada, Yumi Faraci, de 18 anos. O Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro recebeu na tarde desta sexta-feira oito corpos de vítimas do desabamento em uma pousada de Ilha Grande. Segundo o IML, os cadáveres são de três homens, três mulheres e duas crianças – uma jovem de 12 anos e um menino de 4. Outros três corpos chegariam de Angra ainda no final da tarde, mas só irão para o local no sábado.” (aqui)

No entorno da pousada, havia uma série de casas ocupadas por veranistas.

A assessoria de imprensa da prefeitura de Angra dos Reis informou que as buscas por vítimas nos deslizamentos no Morro da Carioca foram interrompidas às 20h da sexta e seriam retomadas às 7h de hoje, sábado 2. A notícia já chama a atenção da imprensa internacional, como é o caso da BBC News, que já divulgou em seu sítio um vídeo com imagens dos deslizamentos.

No Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro, uma equipe de 22 legistas foi mobilizada para agilizar a identificação das vítimas, além de dois psicólogos e dois assistentes sociais para atender os parentes. O Instituto Médico Legal da região só tem capacidade para receber 10 corpos e, caso o número seja alcançado, os mortos serão enviados para o Rio de Janeiro.

“Na identificação, se é um morador da Ilha, os outros moradores conseguem identificar no IML de Angra. Os que não estão sendo identificados, estamos levando para o Rio, porque podem ser de turistas e lá era de mais fácil acesso para a identificação. Pedimos que ninguém venha para a Ilha Grande para não atrapalhar as buscas que estão sendo feitas”, disse o secretário estadual de Saúde de Defesa Civil, Sérgio Côrtes.

Segundo o portal G1: “De acordo com subsecretário de Defesa Civil do estado do Rio de Janeiro, Pedro Machado, pelo menos dez dos corpos estavam soterrados e outros cinco, no mar. Pelo menos dez feridos já foram deslocados para outros locais, inclusive para o estado de São Paulo. Uma jovem de 18 anos está entre as resgatadas com vida.” (aqui)

Segundo o jornal O Dia: “O prefeito Tuca Jordão decretou estado de calamidade pública na cidade. A 33ª procissão Marítima foi cancelada pela prefeitura. O vice governador Luiz Pezão, o secretário de saúde Sérgio Côrtes, e o prefeito de Angra dos reis, Tuca Jordão, estão no local da tragédia acompanhando as buscas a possíveis sobreviventes e mesmo a mortos. A pousada estava cheia de hóspedes.” (aqui)

Angra dos Reis possui uma área de 816,3 km². Os municípios limítrofes são Paraty, Rio Claro e Mangaratiba no território fluminense, e Bananal e São José do Barreiro no lado paulista. Saiba mais sobre o município aqui.

Para informações sobre Angra, a Defesa Civil municipal disponibiliza os seguintes telefones: (24) 3377-7991 / 3777-7480.

Belford Roxo pede doação de donativos para desabrigados

Belford Roxo pede doação de donativos para desabrigados. Foto: Jornal EXTRA

DO JORNAL EXTRA. Devido às fortes chuvas que caíram sobre Belford Roxo nas últimas horas, a prefeitura da cidade montou um centro de operações no Ciep Constantino Reis (Avenida Joaquim da Costa Lima s/nº, no bairro São Bernardo, ao lado do Fórum), para atender as famílias necessitadas. A secretária de Bem-Estar Social, Eliane Rolim, está comandando as ações, que conta também com o apoio da Secretaria de Educação, Saúde, Obras, Serviços Públicos, Meio Ambiente e Saneamento e Segurança e Defesa Civil.

A Prefeitura solicita que sejam enviados donativos como água mineral, colchonetes, fraldas descartáveis, alimentos não perecíveis etc. Os donativos devem ser entregues no galpão da Secretaria de Educação, na Rua Maricoré, 125, próximo do Ciep Constantino Reis.

.

[Informações de diversos portais sobre o caso pelo Google News, aqui.]

3 comentários sobre “Tragédia em Angra dos Reis”

  1. Pingback: Pequenos detalhes » Blog Archive » Perdas

  2. Pingback: Perdas « GBlog

  3. Pingback: Perdas | Debates Culturais – Liberdade de Idéias e Opiniões

Deixe uma resposta