Tempos muito estranhos os de hoje

A malandragem da música do Chico Buarque já não é tão romântica assim. As utopias não tem as cores de outrora. A aurora ainda vem, diz o Rig Veda.

Deixe uma resposta