Megaeventos: por trás dos investimentos, famílias atingidas e trabalhadores precarizados

Diversos integrantes dos Comitês Populares da Copa – que reúnem acadêmicos, moradores de comunidades, movimentos e organizações da sociedade civil – construíram um dossiê sobre os megaeventos e violações de direitos humanos no Brasil, entregue no mês de dezembro às prefeituras das 12 cidades-sede da Copa, na Câmara dos Deputados, no Senado, diversos ministérios e órgãos federais, além de entidades internacionais como a Organização das Nações Unidas (ONU), Organização dos Estados Americanos (OEA) e Organização Internacional do Trabalho (OIT).