MS: Jovem Guarani Kaiowá morre atropelada em rodovia às margens do tekoka Apyka’i

Deuci Lopes, 17 anos, morreu atropelada na noite deste sábado (8) no corredor que liga Dourados a Ponta Porã (MS). Ela deixa um filho de dois anos, estava acompanhada do marido quando um caminhão carregado com bagaço de cana a atingiu arrastando-a por alguns metros. O caminhão pertencia à Usina São Francisco, que arrenda as terras, reivindicadas pelos indígenas do Apyka’i, de um fazendeiro.

Aldeia indígena atacada três vezes por pistoleiros pode ser novamente despejada

Na última vez que foram desalojados, a aldeia inteira ficou na beira da estrada que liga Dourados ao município de Rio Brilhante por um ano e sete meses. O saldo deste período foi a morte de cinco pessoas por atropelamento e de um bebê de seis meses com água envenenada. Em maio de 2011, os guarani-kaiowá decidiram retornar à sua moradia e reocuparam uma parte do terreno. Desde então as liminares de despejo são utilizadas como forma de pressão.