Conocerse

En el año de 1984, leí en un libro de Anaïs Nin, la opinión de esta escritora sobre “Por qué las personas escriben”. Escribo para tener un lugar donde vivir, decía. Para testimoniar el viaje…

Sabedoria

Sei muito pouco ou quase nada, e nem sempre sei o que importa. O que sei e o que vejo, são apenas a ponta de um iceberg: por detrás e em volta de tudo, está…

Saber

Eu achava que sabia de muitas coisas. Hoje não sei mais de nada ou quase nada. E isto às vezes me entristece por ter aprendido a valorizar o conhecimento. No entanto, algo me diz que…