Quem é Roger Pinto Molina, o ‘perseguido político’ do governo boliviano?

Saiba quem é o “perseguido político” do governo boliviano a quem o Brasil facilitou inexplicavelmente asilo político: http://glo.bo/16E4LyV

Eu acompanhei de perto, por meio da apuração com a imprensa local, o massacre de Porvenir, ou massacre de Pando.

Agora, eu pergunto aos nobres leitores: 18 mortos e 30 desaparecidos num ataque deliberado contra indígenas na Bolívia, em 2008, com apoio do poder público. É massacre, não tem muito o que discutir creio eu. Por que a imprensa insiste em usar massacre entre aspas? “Massacre”?!? Assim, como quem diz: olha, a palavra é um termo aí que usaram, hein… Alguém explica?

A nota do Itamaraty, que diz o “Ministério das Relações Exteriores abrirá inquérito e tomará as medidas administrativas e disciplinares cabíveis”: http://bit.ly/15c4w4v

Mas, de novo: se o Itamaraty está investigando as circunstâncias, porque não o fez há mais de um ano, quando ele entrou na Embaixada brasileira na Bolívia, onde estava asilado?

Deixe uma resposta