Oligagogia: discurso para fazer abastado abestado feliz

educacao ocupacaoPor Leandro Leite Leocadio,
O pseudojornalista da mídia manipuladora Alexandre Garcia sugeriu, com uma ironia covarde, que todos os estudantes que participam de alguma ocupação entregassem, na redação da rádio do Estadão, uma redação de 20 linhas argumentando sobre os motivos para estarem se manifestando dessa forma.
Muitos acharam sensacional a provocação do comentarista e passaram a compartilhá-la nas redes sociais, acompanhada, lógico, de frases preconceituosas e ou pré-concebidas pela imprensa majoritária.
Ora, não há nada de sensacional nisso. Apenas sensacionalista! Ao contrário, é um sofisma. Os estudantes não têm obrigação nenhuma de entregar redação nenhuma para conglomerado privado de comunicação nenhum, do mesmo jeito que grevista ou qualquer um que queira exigir seus direitos também não tem. Isso é pura – como eu costumo dizer – oligagogia! Discurso para fazer abastado abestado feliz.
Eu participo diretamente e ativamente das ocupações da minha região como professor voluntário e testemunho a consciência política da maioria dos estudantes que integra tais movimentos. O quanto eles aprendem e o quanto eles se esforçam. O quanto eles lutam!
É muito fácil taxar todo mundo de vagabundo. Quem critica as ocupações deveria antes visitar uma delas para conhecer e entender melhor a manifestação. E, se não tem tempo para isso, não deveria argumentar nem uma linha sequer sobre o que não tem
conhecimento. Muito menos 20!

Deixe uma resposta