José Serra: tentativa de aliciamento

Louvem-se os comentários e reflexões do Professor Bernardo, na edição de hoje do Programa, a propósito da notícia de que o senador tucano José Serra, agora travestido de Ministro do Exterior, pretendeu aliciar o governo uruguaio, para que votasse contra a presidência pro tempore venezuelana do Mercosul, comprometendo, aliás, a estabilidade dos próprios interesses comerciais brasileiros, em especial-, mas não apenas-, junto à Venezuela.

Entretanto, a notícia não chega a surpreender, em se tratando de desserviços do sombrio e deletério político aos interesses nacionais, ao patrimônio público e aos direitos sociais, valendo citar, como exemplos, o PLS 131/2015, de sua autoria, visando retirar da PETROBRÁS a condição de operadora única dos campos do pré-sal; e o valioso registro do nosso Argemiro Pertence, divulgado precisamente há 6 anos, nos seguintes termos:

“COMO SE COMPORTOU JOSÉ SERRA NA CONSTITUIINTE 1986/1988:
a) Votou contra a redução da jornada de trabalho para 40 horas;
b) Votou contra garantias ao trabalhador de estabilidade no emprego;
c) Votou contra a implantação de Comissão de Fábrica nas indústrias;
d) Votou contra o monopólio nacional da distribuição do petróleo;
e) Negou seu voto pelo direito de greve;
f) Negou seu voto pelo abono de férias de 1/3 do salário;
g) Negou seu voto pelo aviso prévio proporcional;
h) Negou seu voto pela estabilidade do dirigente sindical;
i) Negou seu voto para garantir 30 dias de aviso prévio;
j) Negou seu voto pela garantia do salário mínimo real.”

Diante do tenebroso cenário nacional, onde a politicalha conspira contra as instituições, os direitos previdenciários e trabalhistas e a própria soberania nacional, é absolutamente desejável que as estruturas eretas do sindicalismo, das organizações sociais, da imprensa e dos partidos políticos colaborem, com determinação e competência, na divulgação e avaliação das causas do nosso infortúnio, como as aqui ventiladas, a tempo de serem úteis a partir das eleições que se avizinham.

Deixe uma resposta