‘Esquerda’ brasileira e a ditadura norte-coreana

Luiz Eduardo Soares dispara, via twitter:

“Pensei que nada mais fosse capaz de me chocar vindo de certa esquerda brasileira, mas a nota homenageando o tirano norte-coreano superou tudo o que já vi. Quando um partido se diz de esquerda, representa os ruralistas e rende homenagem ao facínora norte-coreano, é porque a razão perdeu-se, ou a vergonha. Ou a conclusão será pior: a identidade ‘esquerda’ é que terá perdido o sentido, igualando-se à direita. Hoje, os direitos humanos é que são prova dos nove.”

Deixe uma resposta