Espancado por militares, morador do Complexo do Alemão diz ter medo de sair de casa

Por Patrick Granja / Jornal A Nova Democracia

No último domingo, dia 2 de outubro, o jornal A Nova Democracia divulgou imagens exclusivas que mostravam um morador do Complexo do Alemão sendo espancado por militares. No dia seguinte, nossa equipe foi ao local conversar com a vítima das agressões. Desde novembro do ano passado, o exército ocupa as treze favelas do Complexo do Alemão impondo um legítimo regime de exceção aos 200 mil moradores da região. Entre eles, está o açogueiro Denílson, nascido e criado no local. Ele conta que foi espancado durante 40 minutos e exige justiça para os militares que protagonizaram as agressões. Revoltado, o trabalhador criticou a militarização e os abusos cometidos diariamente por soldados contra moradores. Muito abatido, Denílson disse que teme sair de casa e sofrer novas agressões de militares do exército em represália às denúncias que tem feito.

Deixe uma resposta