Como marcha este mundo fratricida? Evitar o pior é um desafio…

Como marcha este mundo fratricida? Evitar o pior é um desafio…

 

A Ucrânia é tão só o território:

O conflito é entre a Rússia e a OTAN

 

Oito anos, no mínimo, tem o conflito

Os “cem dias” só mostram atual fase

 

É preciso lembrar o alvo em jogo:

Rússia e China são alvo do Império

 

A expansão incessante ao Oriente

Só reforça o cinismo da OTAN

 

Juan Guaidó e Zelenski são figuras

Que o Ocidente aprecia como modelo…

 

A riqueza detida por monarcas

É um acinte a própria Democracia!

 

A imprensa reporta, com requintes

A festança da Monarca da Inglaterra

 

O sistema geral de Segurança

Dos quartéis, em raiz, clama reforma

 

A gestão é tarefa dos civis

Militares não são donos da nação

 

Bolsonaro apregoa guerra civil

Golpeando de morte Democracia

 

Presidente só recorre a Lei Maior

Para tentar golpeá-la, mortalmente

 

Bate récord sua Política deletéria

Com estragos profundos, em profusão

 

Ambiente, Petrobrás, emprego, renda

Na saúde, no ensino, na Cultura…

 

Os direitos do pobres suprimiu

Enricou os mais ricos, sem limite

 

Índios, Negros, Mulheres, Homoafetivos

Camponeses, Operário, povo da rua

 

Ancorado no Golpe de Dezesseis

Fez ministro a Sérgio Moro, lesa Pátria

 

Em conluio com o Império, traiu a Pátria

Destruiu nossa indústria, e a Petrobrás

 

Desemprego gerou, em larga escala

As pesquisas mais sérias tratam disso

 

Põe em xeque até mesmo o exorcista

Quem elege figuras tão malignas

 

Democrata de araque, cuida o Império

De ditar o que é Democracia

 

Biden chama sua cúpula das Américas

Excluindo uma dezena de países…

 

Todo dia, o Império fustiga a China

Revoltado por perder a liderança…

 

Orçamento secreto é um ultraje

Legaliza um assalto ao erário

 

Paulo Guedes tem conta em “paraíso”

Que o povo se exploda: ele vai bem

 

Reincide a Polícia em crimes bárbaros

Sendo impune, a Polícia delinquirá

 

Quando vejo tantos casos regressivos

Sinto urgência na ação dos movimentos

 

Mais que mero ocupar de posições

É urgente gerar novos processos

 

As mudanças reais são resultantes

De sujeitos históricos organizados

 

Faz sentido o embate eleitoral

Sem jamais abrir mão de nossa Classe

 

Genivaldo de Jesus é uma classe:

A dos pobres, dos pretos, dos favelados

 

A prisão, a tortura, o assassínio

Fazem parte do seu cotidiano

 

Drogas, armas – como chegam às favelas?

Nada a ver a Polícia tem com isso?

 

Intrigante o silêncio-general:

Ante a série de delitos do capitão

 

E se Lula estivesse em seu lugar

O silêncio seria preservado?

 

Com o discurso da da anti-corrupção

Os piores corruptos faturam mais

 

Foi o mote do presente desgoverno

Sustentado pela nata do Capital

 

O Brasil virou terra arrasada

Igualmente no terreno da Cultura

 

Os recentes escândalos ”sertanojo”

Só atestam a sordidez de espertalhões

 

Asquerosa a estratégia do desmonte:

Urdem o mal, acusando serem outros…

 

Recorrer à Justiça em demasia

Empodera Ministros, além da conta

 

Ressaltar é preciso o fio “Classe”

Na costura da pauta identitária

 

O perfil do Congresso Nacional

É o pior que o Brasil pôde eleger

 

Os piores projetos têm passado

Retirando os direitos dos mais pobres

 

A barbárie prospera em grande parte

Pela ação e omissão, o Parlamento

 

Quem se senta em cima dos pedidos

Do “impeachment” já quase centena e meia

 

Eleição terminada, qual tarefa

Endossar Capital ou combatê-lo?

 

Mapear correntezas subterrâneas

Ou reféns no tornar dos Plutocratas?

 

Do orçamento secreto se faz cúmplice

Mandatário que beber da mesma fonte

 

A extrema Direita, na Colômbia

Segue impune, matando opositores

 

As mulheres indígenas, são exemplo

De coragem na luta por direitos

 

Formação que se preze, também se informa

Confrontando as fontes com senso crítico

 

Na esteira da mídia alternativa

Movimentos, com blogs e canais

 

TVT, Ópera Mundi, MST

Prerrô, Fórum, também 247

 

Os bons clássicos dão pistas criativas

Cabe a nós criticamente adaptá-las.

 

João Pessoa, 08 de junho de 2022

Deixe uma resposta