Camponeses pobres são perseguidos, presos e torturados pelo governo do Pará

A impunidade parece ter ainda mais força na região Norte do país. A governadora do Pará, Ana Júlia Carepa (PT), aliada aos interesses de grande latifundiários, reuniu o aparato repressivo do Estado para fazer frente a 1.100 famílias de camponeses acampados na fazenda Forkilha, na região de Santa Maria das Barreiras, no sul do estado.

Por Aline Pereira, jornalista

Deixe uma resposta