A República nasceu positivista. De que lado se põem os militares?

A República nasceu positivista. De que lado se põem os militares?

No combate à COVID, a pandemia

A ciência se mostra eficaz 

E com isto, todo mundo se compraz

Exceção – vergonhosa, eu diria 

De quem tem uma mente doentia

À ciência o exército ergueu altares

Nesta linha, seguiram exemplares

E de Comte fizeram seu grande artista 

A República nasceu positivista

De que lado hoje estão os militares?

 

Hoje em dia, porém, a coisa muda

Se aproximam de quem nega o real

Corroboram, assim, quem age mal

Questões várias suscitam, em tal feito 

Por que justo em crise tão aguda

Como podem patentes estelares 

Cumprir ordens de um reles de seus pares?

Que valores tão “nobres” têm em vista? 

A República nasceu positivista

De que lado hoje estão os militares?

 

Pelo mestre o discípulo se orienta

Por seus frutos a árvore é conhecida

Ao governo por que tanta corrida

E cobranças em série agora enfrenta

Nossa Tropa se mostra desatenta

Cargos tantos fruídos, nada exemplares

E são cargos  contados aos milhares

Em governo de crimes – grande é a lista

A República nasceu positivista

De que lado hoje estão os militares?

 

Infiel ao dever, à ordem e à paz

O seu chefe não cessa de fazer guerra

Aos seus próprios, destrata, culpa, berra

Dividindo a Nação cada vez mais

Confiante na Força, que tem por trás

De uma parte que devia estar atenta

E o terror semeado só aumenta

Desse modo, não há mais quem resista

A República nasceu positivista

De que lado hoje estão os militares?

 

Desafio de monta inda nos resta

Resolver o hiato recorrente

Estas Forças Armadas // nossa gente

O contexto atual bem o atesta

Desrespeitam a Lei e fazem a festa

Patriotas se dizem: flertam outros ares

Demonstrando posturas tão vulgares

É preciso passá-las em revista

A República nasceu positivista

De que lado hoje estão os militares?

 

Quem aposta em real democracia

Tem no Povo seu único soberano 

Não entrega o poder a um tirano

Só delega a defesa a quem confia

Não endossa qualquer hipertrofia

Nem permite flertar com outros mares

Celebrando malfeitos espetaculares

Seu fazer favorece somente a outro “Artista”

A República nasceu positivista

De que lado hoje estão os militares?

Deixe uma resposta